Conceito » Ecología » Acordo de Paris

Acordo de Paris - Conceito, o que é, Significado

O Acordo de Paris, também conhecido como Conferência de Paris, é um tratado de caráter internacional assinado em 2015 por mais de 190 países. O tema central é a mudança climática, uma realidade que afeta todo o planeta. Esta assembleia internacional traça uma direção para que o futuro da humanidade não esteja ameaçado pelas mudanças climáticas causadas pela ação humana.

Desde a década de 1950 os efeitos nocivos das emissões de dióxido de carbono e os dados alarmantes são conhecidos e têm gerado a necessidade de chegar a acordos a nível internacional.

Objetivos principais

Um dos objetivos é estabelecer limites em relação ao aquecimento global. Neste sentido, ficou acordado que o processo de aquecimento não superasse os dois graus centígrados e, se possível, que seja de 1,5 graus centígrados.

Um segundo objetivo consiste em aumentar a capacidade dos países para que possam adaptar-se aos efeitos das mudanças climáticas. Em outras palavras, o que se pretende é construir sociedades que sejam capazes de suportar os efeitos das mudanças climáticas.

Como terceiro aspecto, propõe-se um período de transição para a economia não depender do carbono. Ao mesmo tempo, existe um compromisso global para promover o desenvolvimento sustentável no conjunto da atividade econômica.

O Acordo de Paris implica em uma mudança de paradigma no modelo energético e na mentalidade dos seres humanos

Os efeitos da mudança climática são conhecidos e todos eles têm um potencial devastador. Assim, espera-se o aumento da desertificação e a presença de todo tipo de desastres naturais. Como estes efeitos são claramente prejudiciais para o planeta, é necessário mudar para um modelo econômico o menos poluente possível. Esta aspiração não é alcançada simplesmente através de novos modelos industriais e energéticos, no entanto, é essencial que haja uma mudança de mentalidade individual e coletiva.

Com o Acordo de Paris houve um salto qualitativo, uma vez que se pretende que as emissões de gases de efeito estufa deixem de ser uma realidade ameaçadora. Para que o Acordo entre em vigor é necessário ser ratificado por 55 países que ao menos representem 55% das emissões globais. Sua entrada em vigor ocorrerá a partir de 2020 e as medidas adotadas nos anos seguintes deverão ser revisadas periodicamente.

Imagem: Fotolia. Ricochet64

Relacionados:

  1. Protocolo de Kyoto
  2. Atmosfera
  3. Giro Oceânico
  4. Efeito Estufa
  5. Direitos da Criança
  6. NAFTA
  7. Aquecimento
  8. Apostila da Haia
  9. Tratado de Paris de 1898
  10. Princípio de Precaução