Conceito » História » Teoria dos Quatro Humores

Teoria dos Quatro Humores - Conceito, e o que é

Na Grécia Antiga, as doenças humanas eram explicadas com critérios fantásticos bem próximos aos relatos da mitologia (por exemplo, uma doença poderia ser interpretada como um castigo divino). Com o advento da mentalidade filosófica, os critérios racionais começaram a propagar e assim surge uma mentalidade pré-científica em todas as áreas do conhecimento.

Esta nova abordagem deu seus primeiros passos na área da medicina com os estudos de Hipócrates de Cos entre os séculos V e IV a. C. Entre suas contribuições mais relevantes, destaca-se a teoria dos quatro humores.

O equilíbrio entre os quatro humores é o que determina a saúde do indivíduo

Segundo Hipócrates, a saúde em geral e o temperamento das pessoas são determinados pela combinação de fluidos corporais (o termo humor em grego equivale a fluido ou líquido). Na medicina hipocrática há quatro fluidos: sangue, bílis negra, bílis amarela e fleuma.

A partir desta divisão são formadas diversas personalidades. Quando a substância predominante é o sangue, o indivíduo tem um temperamento sanguíneo, o que significa que se trata de uma pessoa entusiasta, enérgica, decidida e ativa (paralelamente, estas pessoas têm um comportamento egoísta e tendem ao exagero).

Quando a bílis amarela predomina, o temperamento da pessoa é colérico e apaixonado. A abundância de bílis negra gera uma personalidade com tendência à melancólica e ao fato de ser sossegado.

Por último, quando a fleuma é o fluido predominante, o indivíduo é especialmente tranquilo, pacífico, emotivo e um tanto preguiçoso.

Para Hipócrates, quando os quatro humores se mantêm em equilíbrio a saúde da pessoa é estável, do contrário o desequilíbrio ou a discrasia desencadeiam em doenças e mudanças no temperamento.

No Corpus hippocraticum, podemos encontrar as linhas gerais da medicina grega e o precedente histórico da medicina atual

O pensamento hipocrático foi uma grande revolução, pois pela primeira vez as patologias humanas foram explicadas a partir da fisiologia. A teoria dos quatro humores estabelecia uma visão holística sobre a natureza e a saúde. Por outro lado, nesta obra, destacam-se análises sobre diferentes temas: epidemias, dieta, fraturas, doenças de mulher, distinção entre doença aguda e doença crônica ou a importância do exercício físico.

Vale observar que no corpus hippocraticum aparece a primeira referência escrita aos compromissos éticos que devem ser cumpridos pelos médicos (2500 anos depois deste tratado, os profissionais da medicina se formam fazendo o juramento hipocrático). Embora este trabalho se baseasse em critérios empíricos evidentes, aqueles que praticavam a medicina na Grécia adoravam as deusas associadas à saúde (Hígia e Panaceia).

Imagem Fotolia: Zwiebackesser

Relacionados:

  1. Juramento de Hipócrates
  2. Doença
  3. Ciências Naturais
  4. Fisiopatologia
  5. Viscosidade
  6. Doxa
  7. Somatometria
  8. Anatomia Patológica
  9. Hidrostática
  10. Hospital Universitário