Conceito » Psicologia » Psicologia Social

Psicologia Social - Conceito, o que é, Significado

A psicologia estuda o comportamento humano. Nossa conduta está relacionada a três dimensões: os traços genéticos herdados, as circunstâncias pessoais do nosso entorno direto e, por último, o contexto social que vivencia cada indivíduo. A psicologia social é o ramo da psicologia que estuda os vínculos existentes entre os indivíduos e a sociedade.

Nossas emoções, ideias e condutas não podem estar dissociadas da sociedade da qual vivemos. Os seres humanos formam comunidades e nossos esquemas mentais individuais só podem ser explicados dentro de um quadro geral, a sociedade. A psicologia social como disciplina apresenta ligações com outras áreas do conhecimento, como a sociologia e a antropologia.

A psicologia social possui várias aplicações e entre elas se destacam o ambiente de trabalho, o sistema educativo e o mundo do esporte

Na maioria das atividades profissionais, os trabalhadores desempenham funções com outros indivíduos. Neste sentido, existe a psicologia do trabalho. Nesta área específica são analisadas questões como coesão do grupo, liderança, comunicação, papel dos empregados dentro do seu grupo, etc.

No ambiente escolar as crianças estão integradas em um nível de socialização

Devido a isso existe uma área específica: a psicologia educacional. Nesta área, estudam-se todos os tipos de variáveis: a relação entre aluno e seu ambiente escolar, análise de grupo, comunicação verbal e não verbal entre professores e alunos, liderança, clima gerado na sala de aula, etc.

O esporte é mais do que um conjunto de atividades físicas. Na verdade, muitos esportes são fenômenos sociais que mobilizam milhões de pessoas. Deve-se destacar que o esporte faz parte do processo educativo da socialização dos indivíduos, por outro lado, muitos esportes cumprem funções sociais de todo tipo (em alguns países, o futebol desempenha um papel importante nas relações sociais cotidianas).

Os agentes sociais podem transformar a realidade

No plano individual é possível mudar hábitos ou atitudes para que nos adaptemos melhor ao ambiente que vivemos. Algo parecido acontece no plano coletivo. Quando um grande grupo de indivíduos discorda de uma realidade, sua ação conjunta pode alterar o rumo daquilo que parecia indesejável ou injusto.

Os seguidores de Gandhi que protestaram contra o colonialismo britânico conseguiram a independência de seu país, assim como as pessoas afetadas pelas condições hipotecárias conseguiram modificar as leis em alguns países.

Estes dois exemplos nos faz lembrar um fato evidente: existe um comportamento coletivo com o qual é viável impulsionar mudanças sociais.

Imagem: Fotolia. nuvolanevicata

Relacionados:

  1. Psicologia Cognitiva
  2. Psicologia Industrial
  3. Psicossocial
  4. Estudos Sociais
  5. Psicologia da Arte
  6. Psicologia
  7. Psicologia Ambiental
  8. Percepção Social
  9. Consciência Social
  10. Neuropsicologia