Conceito » Educação » Orações Subordinadas

Orações Subordinadas - Conceito, o que é, Significado

As orações que apresentam dois ou mais verbos são conhecidos como orações compostas. Dentro deste tipo de oração podemos fazer a seguinte distinção: orações coordenadas, justapostas e subordinadas.

Estas orações são aquelas cujas partes dependem umas das outras. Em outras palavras, a parte subordinada depende da oração principal

Na oração "Eu gostaria que fôssemos à praia" se trata de é uma oração composta porque possui dois verbos (gostaria e fôssemos), sendo que ambas estão ligadas por uma partícula (que), uma sentença principal (eu gostaria) e outra subordinada (que fôssemos à praia). Neste caso, a oração subordinada depende totalmente da principal porque sua função sintática não tem nenhum sentido independente.

Deve-se destacar que nas orações compostas coordenadas ou justapostas existe uma independência entre as proposições da oração.

Classes das orações subordinadas

As orações subordinadas cumprem uma função sintática em relação à oração principal. Neste sentido, dependendo de sua função sintática que desempenham há três tipos de orações subordinadas: as substantivas, adjetivas ou relativas e as adverbiais.

As orações subordinadas substantivas são aqueles em que a parte subordinada desempenha uma função equivalente a um substantivo, pronome ou sintagma nominal.

Na oração "Ele me disse que chegaria logo", a oração subordinada (que chegaria logo) atua como complemento direto.

As orações subordinadas adjetivas ou relativas são aqueles que cumprem a própria função de um adjetivo, ou seja, complementam o nome

Na oração "O jogo que vimos ontem me decepcionou", a oração subordinada (que vimos ontem) atua como um adjetivo que complementa a parte substantiva da oração (o jogo).

As orações subordinadas adverbiais são aquelas que podem ser substituídas por um advérbio. No exemplo "Eu vou para praia quando não tenho aula", o advérbio atua na sentença "quando não tenho aula" como uma oração subordinada de tempo. Neste caso, a parte subordinada poderia ser substituída por um advérbio ou uma locução adverbial, por exemplo, "Eu vou para a praia às vezes”.

Imagem: Fotolia. VadimGuzhva

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: