Conceito » Economia » Segurança Industrial

Segurança Industrial - Conceito, o que é, Significado

Nas instalações que realizam atividades industriais devem ser aplicadas normas e procedimentos que garantam a segurança. Por isso, se fala de segurança industrial. O principal objetivo de qualquer plano de segurança industrial é logicamente minimizar qualquer possível ameaça ou risco que possa prejudicar a indústria, tanto as pessoas que trabalham nela como o meio ambiente ou sua infraestrutura.

Modelo organizacional

Para que uma empresa de um setor industrial adote uma série de medidas de segurança, é necessário reunir as seguintes condições:

1) uma norma legal de caráter geral (por exemplo, um decreto);

2) um regulamento que oriente sobre as normas de segurança que devem ser cumpridas;

3) umas instruções técnicas complementares que detalhem todos os aspectos concretos de segurança de uma empresa.

Princípios básicos

O conceito segurança deve ser entendido como um conjunto de elementos legais, técnicos e humanos dirigidos a certos níveis de risco que possam ser considerados tolerantes.

Os regulamentos de segurança são dirigidos basicamente para garantir a integridade física dos trabalhadores.

Os conhecimentos técnicos são essenciais, neste sentido, os profissionais de segurança devem conhecer todos os aspectos envolvidos, tais como materiais utilizados, processos de trabalho, métodos de organização, etc.

Em qualquer plano de segurança industrial devem definidos os perigos e riscos. Estes dois conceitos pode parecer equivalentes, mas não são. O perigo é algo que se identifica, enquanto o risco é algo que se avalia. Desta maneira, o perigo é uma energia potencial de deterioração, já o risco é a probabilidade do perigo se materializar. Assim, os automóveis que circulam nas estradas são um perigo e o fato de atravessar uma estrada é um risco.

Os planos de segurança industrial incluem uma série de itens:

1) programas de prevenção de riscos trabalhistas dos quais se estruturam as várias responsabilidades dos trabalhadores;

2) métodos e objetivos para aplicar a política de prevenção de riscos trabalhistas e a consequente revisão e autoavaliação dos mesmos;

3) sistemas de controle externo através de auditorias independentes que possam avaliar todos os processos de segurança industrial.

Para que todas as questões relativas à segurança industrial sejam efetivas, os critérios de higiene ocupacional também são incorporados. Entende-se por higiene o conjunto de normas que tendem em proteger a integridade física e mental do trabalhador.

Imagem: Fotolia. Patrick

Relacionados:

  1. Prevenção de Riscos
  2. Segurança Privada
  3. Segurança
  4. Segurança Pública
  5. Higiene Analítica
  6. Empresa Aérea Low Cost
  7. Insegurança
  8. Plano de Voo
  9. CSC do Cartão
  10. Modelo de Gestão