Conceito » Saúde » Parto Humanizado

Parto Humanizado - Conceito, o que é, Significado

É uma forma de atendimento do trabalho de parto valorizando os direitos dos pais e da criança que vai nascer.

O parto é a forma pela qual termina a gravidez, trata-se de um processo que expulsa o feto para fora do útero. Durante o parto é necessário o procedimento de três passos fundamentais: primeiro, a abertura do orifício do útero (processo conhecido como dilatação); em segundo lugar a saída do feto e, por último, a expulsão das membranas que revestem o feto e a placenta.

O parto é um fato normal que se inicia com alterações hormonais e que são sinais do próprio corpo para indicar que a gravidez chegou ao fim e que o novo ser está pronto para nascer. Este é um processo natural que as mulheres experimentam desde o início dos tempos.

O procedimento do parto é influenciado pela cultura. Algumas etnias indígenas têm seus rituais e até mesmo posturas bem definidas que são adotadas pela parturiente.

Do parto natural ao parto institucional

Os avanços da medicina atingiram todos os aspectos do indivíduo e o parto não escapou disso. A medicina agrupou os conhecimentos obtidos em torno do parto originando a obstetrícia, ramo da medicina dedicado ao estudo da gravidez, ao tratamento das suas doenças e ao atendimento do parto.

A obstetrícia tem contribuído para melhorar a qualidade da vida materna e fetal, ajudando mulheres com problemas de infertilidade a conceber seus filhos e acompanhando as gravidezes de alto risco até chegar a um final feliz. A obstetrícia também permitiu resolver situações que no passado levavam à morte da mãe e do feto.

Estes avanços tem sido de grande ajuda, o que é inegável, entretanto é possível termos atingido um excesso de intervenção médica em um processo natural, aumentando de forma desnecessária o número de procedimentos cirúrgicos, como a cesárea que voltou a ser introduzida como conceito de parto humanizado.

Um caminho amigável

Espera-se que a mulher grávida saudável e plena viva seu parto de maneira natural, longe da frieza e do isolamento de uma sala de cirurgia.

Um ambiente amigável de entorno adequado, onde a mãe se sinta segura e acompanhada, com uma posição cômoda, é o que se espera de um parto normal. A mulher deve ter a liberdade de sentir-se confortável. Muitas vezes a posição de cócoras ou ajoelhada é a mais prática, pois permite que a mãe respire melhor e aproveite a gravidade para ajudar a dilatação do colo uterino e assim expulsar o bebê.

Durante o parto humanizado, as pessoas que ajudam devem estar disponíveis e intervir somente se necessário para facilitar o processo. A dor não deve ser atenuada com analgésicos, pois permite que o fluxo do processo produza endorfinas, que são analgésicos naturais para aliviar a dor sem prejudicar a mãe e a criança. Finalmente, outro aspecto importante é o contato imediato entre a mãe e seu filho, permitindo criar esse fantástico vínculo desde o início.

Os aspectos fundamentais são: respeitar o processo natural do parto e a vontade da mulher em fazer da maneira que se sinta mais confortável; respeitar o tempo de cada mulher e entender que o parto é um processo normal e natural.

Imagem: Fotolia. korundarg

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: