Conceito » Saúde » Trombofilia

Trombofilia - Conceito, o que é, Significado

A trombofilia é um distúrbio do sangue caracterizado pela tendência de desenvolver trombose venosa.

Pode manifestar-se com a presença de coágulos no interior das veias das pernas, dos pulmões (tromboembolismo pulmonar) e do cérebro (acidentes cerebrovasculares). No caso das mulheres grávidas, podem apresentar-se nas veias da placenta, além das demais localizações.

Independentemente da sua localização, a trombose pode causar várias complicações e acarreta um alto risco de mortalidade, assim como desenvolve sequelas, muitas delas permanentes.

As manifestações ocorrem em situações específicas

É possível que as pessoas portadoras de trombofilia não saibam que se encontram nesta condição. No caso das mulheres, as mesmas podem sofrer certos distúrbios que levam implícitos o risco da trombofilia mesmo sem saber. Apenas quando são realizados exames médicos e avaliações por apresentar condições como aborto espontâneo repetido ou elevação da pressão arterial.

Outras condições que manifestam o distúrbio são aquelas em que há um maior risco de trombose, entre elas estão as seguintes:

- O pós-operatório

- A imobilização prolongada

- Traumatismos

- Doenças autoimunes

- Doenças malignas

- Uso de contraceptivos hormonais

Trata-se de uma condição comum a várias doenças

A trombofilia tem várias causas. Sua forma hereditária está relacionada a diversos tipos de mutações genéticas que afetam as moléculas que intervêm na regulação do processo de coagulação do sangue.

Também é possível que esta condição seja adquirida após o nascimento, como é o caso da síndrome antifosfolípide, um transtorno do tipo reumático e de origem autoimune.

As diversas alterações que envolvem este fenômeno não podem ser identificadas pelos estudos de laboratório de rotina. Para detectá-las, devem ser realizados estudos especiais que normalmente não são solicitados, ao menos que exista algum caso de trombose ou de algum antecedente de um membro direto da família.

A gravidez é uma condição que favorece a trombose

Durante a gravidez ocorre uma série de alterações hormonais que favorecem a coagulação do sangue. Isso acarreta um grande número de complicações que podem afetar seu desenvolvimento, desencadeando situações como abortos espontâneos, parto prematuro, alterações no desenvolvimento do feto, desprendimento da placenta e elevação da pressão arterial por parte da mãe (pré-eclampsia).

A trombose dos vasos sanguíneos da placenta ocasiona infartos, o que afeta o suprimento de oxigênio ao feto e leva ao surgimento dessas complicações.

As mulheres com esta condição podem ter uma gravidez normal e seus filhos nascem saudáveis quando diagnosticados corretamente e tratados com medicamentos anticoagulantes durante a gestação. Muitas vezes esta condição deve ser mantida até várias semanas depois do parto.

Imagem: Fotolia. mrs_bazilio

Relacionados:

  1. Grupo de Risco
  2. Venóclise
  3. Acidente vascular cerebral
  4. Síndrome de Turner
  5. Sequela em Saúde
  6. Distúrbio
  7. Isquemia
  8. Beta hCG
  9. Sistema Circulatório
  10. Fumante Passivo