Monitoramento - Conceito, o que é, Significado

O monitor é uma tela que possibilita ver imagens de algo que está acontecendo em tempo real. Este tipo de tela está conectado a uma ou várias câmaras que transmitem as imagens diretamente. Consequentemente, a ação de observar um monitor com algum propósito é conhecida como monitoramento.

A segurança como principal função

A principal aplicação da maioria das ações monitoradas é a vigilância de um lugar com o fim de manter a segurança e o controle. São muitos locais que empregam esta tecnologia, tais como os aeroportos, cassinos ou até mesmo em algumas ruas para garantir a segurança pública. Se houver qualquer incidente neste tipo de espaços (por exemplo, um roubo) o sistema de monitoramento permite recuperar as imagens e, portanto, é possível esclarecer exatamente o que aconteceu.

Na área da medicina

A medicina atual utiliza o monitoramento de várias maneiras:

1) para supervisionar o estado dos pacientes graves nas unidades de vigilância intensiva;

2) para realizar certas provas médicas;

3) para transmitir dados de um lugar a outro;

4) para realizar intervenções cirúrgicas à distância.

Na terminologia médica se fala do monitoramento respiratório, cardíaco, neurológico, em relação ao parto, entre outros. Com estes dispositivos é possível visualizar uma informação através de um sistema de rede.

Outras aplicações

O monitoramento tem aplicações em todo tipo de contexto. É útil na prevenção de incêndios, no controle de plantações, no acompanhamento de trânsito, no controle do espaço aéreo ou em relação a uma atividade de trabalho.

Embora o monitoramento seja uma ferramenta de grande utilidade, em certos casos, é considerado um instrumento destinado à vigilância dos indivíduos, por este motivo, alguns entendem que o uso desta tecnologia é contrário ao direito de privacidade.

Os observatórios sociais têm a finalidade de monitorar uma realidade

Certas realidades sociais são estudadas e avaliadas de maneira permanente. Isto é o que acontece com a violência de gênero, com as desigualdades sociais ou questões educacionais. Estas realidades precisam de um operativo que controle de maneira eficaz o que está acontecendo e por isso se emprega o termo monitoramento. Não se trata de instalar monitores de vigilância, mas sim de empregar uma série de técnicas para supervisionar o que se pretende atender. A análise de dados ou de pesquisas são algumas das ferramentas mais comuns utilizadas pelos observatórios sociais.

Imagem: Fotolia. maryviolet

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: