Descrição - Conceito, o que é, Significado

DescricaoA descrição pode ser definida como a ação de detalhar as características e os elementos de certos objetos, lugares e pessoas através de palavras, explicando sua morfologia e suas qualidades. O processo de descrição deve ser precedido pela observação.

Um exemplo desta situação poderia ser a seguinte: “A polícia passou uma descrição detalhada do principal suspeito. Trata-se de um homem branco de 35 anos, cabelos loiros, olhos azuis e um metro e noventa de altura. Tem uma cicatriz em sua bochecha esquerda e uma grande tatuagem em seu braço direito”.

Descrição objetiva e subjetiva

Segundo o ponto de vista de um autor na hora de realizar uma descrição é a possibilidade de distinguir entre descrições subjetivas e objetivas.

No caso desta última, o objetivo da descrição se reflete na realidade. Não manifesta nenhum tipo de sentimento ou emoção na hora de fazer a descrição, como também não há lugar para reflexões pessoais. É por isso que um dos seus sinais mais característicos com a multiplicação de adjetivos para tentar refletir a realidade não é uma possibilidade fidedigna, como mostrado no exemplo anterior.

Dentro deste grupo se destacam as descrições técnicas, aquelas que se pretende conhecer as características de um objeto, seus elementos, funcionamento, composição e utilização. Nelas há um predomínio claro da função referencial.

Por outro lado, na descrição subjetiva, o autor revela seus sentimentos e emoções com base na inclusão de diversos recursos de linguagem, tais como metáforas, hipérboles, comparações, etc.

O meio que mais se propaga este tipo de descrição é a literatura. Nela as descrições não tem o porquê serem verdadeiras, devem apenas ser verossímeis. Em muitos casos há uma função simplesmente estética, como a realizada por Juan Ramon Jimenez em sua obra “Platero e eu”, na qual descrevia Platero (um burro) como uma bola de algodão sem ossos com dois cristais negros nos olhos.

Tipos de descrição

Além dos dois grandes grupos anteriores, também é possível diferenciar as descrições de acordo com o objeto que está focado. Desta forma, a prosopopeia tem como objetivo descrever as características físicas de uma pessoa, enquanto que a epopeia foca as características morais e psicológicas.

Por outro lado, quando o autor faz uma descrição de si mesmo se encontra diante de um autorretrato, porém se a descrição fosse outra seria simplesmente um retrato. Se estas descrições fossem exageradas, suas características se tornariam mais chamativas e estaríamos falando de uma caricatura.

Imagem: iStock. PeopleImages

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: