Leitura - Conceito, o que é, Significado

A Leitura é o processo em que o ser humano capta uma sucessão de símbolos visuais e os decodifica em uma sequência de conteúdo lógico. O fenômeno de ler foi desenvolvido vários anos depois do aparecimento do homem na Terra, na medida em que a escrita teve seus primeiros indícios aproximadamente há cinco mil anos antes de Cristo. Assim, para que se possa falar propriamente de leitura, é necessário existir um sistema de grafismos para tornar o sistema de símbolos orais como um plano visual. Além disso, pode-se dizer que a comunicação oral é uma condição natural na espécie humana, enquanto que a escrita e a leitura fazem parte do desenvolvimento de uma técnica em função dessa aptidão natural.

A possibilidade de ler nem sempre foi uma qualidade estendida ao conjunto da população, em épocas passadas o analfabetismo estava em alta e somente uma elite letrada era capacitada para compreender textos escritos. Neste sentido, são inegáveis os avanços que as sociedades contemporâneas tiveram para expandir a educação, mas certamente, existem países com serias dificuldades a esse respeito. No entanto, também é certo que o tempo médio que uma pessoa alfabetizada dedica à leitura na atualidade é consideravelmente inferior a que dedicava uma pessoa alfabetizada um século atrás.

No que diz respeito a esta última ideia, talvez a explicação possa estar no surgimento dos meios de transmissão que absorvem a atenção do homem do ponto de vista de entretenimento e o afasta do uso da leitura. De fato, talvez não seja por acaso que as melhores obras da literatura mundial não se sobreponham ao apogeu dos meios audiovisuais. Já quando estes meios não existiam, se recorria à leitura para experimentar esse prazer estético, sendo este contexto fortemente propicio para a evolução das letras, especialmente do romance. Vale recordar a variedade e a qualidade de produção literária que chegou à humanidade no século XIX.

Atualmente, a leitura parece circunscrita na busca de informação fragmentada e o abuso dos meios audiovisuais parece ter tomado seu lugar de forma significativa. Longe está o hábito de esmiuçar uma ideia em extensos volumes subdivididos em capítulos com uma grande variedade de matizes. No entanto, esta experiência pode oferecer ainda um conhecimento mais nutritivo para qualquer um. É só uma questão de saber identificar suas virtudes e possibilidades.

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: