Característica - Conceito, o que é, Significado

Uma característica é um traço ou uma particularidade que identifica alguém ou algo. Normalmente, emprega-se o termo no plural porque são vários os elementos que servem para descrever as diferentes realidades.

Uma descrição física

Tudo aquilo que apresenta uma forma determinada pode ser descrito a partir de algumas propriedades observáveis. Assim, um indivíduo apresenta características relacionadas ao seu tamanho e sua aparência externa, assim como quando se fala da altura, do peso, da cor dos olhos, cabelos, etc. Quando nos referimos a um objeto concreto ou a um território também enunciamos uma série de aspectos físicos.

Uma descrição psicológica

Quando conhecemos uma pessoa além da sua aparência física, podemos falar de suas características psicológicas. Um indivíduo pode ser generoso, sincero, impulsivo e amável. Todos esses traços de sua personalidade expressam os vários aspectos da sua dimensão humana.

Quando nos referimos aos animais, falamos sobre suas características físicas, mas também sobre seu temperamento, por exemplo, costuma-se dizer que um cachorro é grande e carinhoso.

Objetividade e subjetividade

Numa descrição podemos utilizar características objetivas ou subjetivas, ou então, uma combinação de ambas. Na linguagem do dia a dia, é comum o uso de termos subjetivos e objetivos (pode-se dizer que uma pessoa é alta de maneira objetiva e que é amável de modo claramente subjetivo e discutível). No contexto científico, as características de qualquer realidade devem ser indicadas de maneira objetiva, caso contrário ela entra no subjetivismo, uma abordagem anticientífica. Já o contexto tecnológico também descreve algo a partir de suas especificações objetivas, ou seja, em relação a tudo que pode ser medido e observado.

O principal e o secundário

Nem todas as características têm o mesmo valor explicativo. Na verdade, algumas delas são essenciais e formam a essência de algo, enquanto que outras são acessórias ou secundárias.

Vamos pensar num exemplo bastante simples, o futebol, seus principais aspectos estão baseados nas regras do próprio jogo, já os secundários são os aspectos que interferem no jogo, mas que não formam sua essência. Por exemplo, a regra do impedimento é básica e primordial para uma partida de futebol, já a escolha do lado do campo é uma questão secundária.

Imagens: Fotolia. Sylverarts / stryjek

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: