Conceito » Saúde » Casais Sorodiscordantes

Casais Sorodiscordantes - Conceito, o que é, Significado

São aqueles que, independentemente da orientação sexual, um dos membros é infectado pelo vírus da imunodeficiência humana (HIV) e o outro é saudável, ou seja, não tem a infecção.

Por muito tempo os pacientes infectados pelo HIV têm sido vistos como uma fonte de infecção para a população, sendo recomendável o sexo com proteção para essas pessoas.

Hoje, com o uso de tratamentos mais eficazes, é possível que o vírus desapareça por completo no sangue das pessoas infectadas. Isso pode ser evidenciado ao determinar a carga viral.

A carga viral é fundamental para os casais sorodiscordantes

A carga viral é a quantidade de HIV no sangue, assim, quanto maior a carga viral maior a probabilidade de transmissão da infecção; já com a carga viral menor, menor será o risco.

A carga viral é um parâmetro que varia de acordo com o tratamento. As pessoas que são bem controladas podem ter uma carga viral indetectável, isso significa que elas têm um nível tão baixo de vírus no sangue que fica difícil de ser medido com os métodos disponíveis da atualidade.

Os indivíduos com carga viral baixa ou indetectável têm menor risco de desenvolver a doença e sofrer os sintomas da AIDS, assim como de infectar seus parceiros sexuais.

Os casais discordantes poder ter sexo sem proteção?

Ser um parceiro sexual de uma pessoa infectada pelo HIV é um comportamento de risco, por isso que existe a necessidade de usar preservativo ou camisinha neste tipo de relação.

Vários estudos têm mostrado que o risco de transmitir HIV depende principalmente da carga viral. Nos casos em que isso é indetectável o risco de transmissão se torna muito baixo, inclusive se estima que está próximo do zero, então, nestes casos pode haver relações sexuais sem proteção, desde que o casal seja estável.

O comportamento recomendado para todo casal é fazer o teste do HIV, já que muitas vezes um membro do casal se encontra infectado sem saber, especialmente porque este vírus deixou de ser exclusivo em pessoas homossexuais e a atividade heterossexual também se tornou uma fonte frequente de infecção. Em caso de um dos parceiros estar infectado pelo vírus, a conduta recomendada é iniciar o tratamento e manter a atividade sexual com proteção, já quando a carga viral for indetectável podem omitir-se da proteção.

Imagem: Fotolia. vit_kitamin

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: