Conceito » Alimentação » Bebidas Espirituosas

Bebidas Espirituosas - Conceito, o que é, Significado

Certas bebidas alcoólicas são conhecidas como bebidas espirituosas. Recebem esta denominação porque provém do vocábulo em latim spiritus, que significa valor ou vontade, portanto, equivale a ideia de espírito. Deve-se levar em conta que o álcool é obtido a partir do processo de destilação e este processo gera um vapor. A ideia de vaporização tem sido associada historicamente com a noção de espírito.

Os princípios da destilação são conhecidos há mais de dois mil anos. Durante a Idade Média as destilarias começaram a produzir licores através do vinho e com o passar do tempo começaram a utilizar cereais para fabricar bebidas espirituosas. Entre as mais conhecidas, podemos destacar o whisky, a vodka, o rum, diversos aguardentes, o anis, o gim, o pisco e a tequila. Cada um deles tem sua própria tradição cultural.

Como são elaboradas as bebidas espirituosas?

A receita básica da maioria das bebidas espirituosas se baseia em uma mistura apropriada de dois ingredientes: água e alguns cereais combinados. Uma vez combinados todos os ingredientes, procede-se a fermentação e finalmente o processo de destilação.

A destilação consiste na separação dos componentes de uma mistura líquida através do calor. Esta operação permite produzir gasolina a partir do petróleo ou obter perfumes de plantas aromáticas. No entanto, a destilação mais conhecida é a realizada nas bebidas alcoólicas. Assim, são extraídos aromas e sabores de vinho fermentado através do vinho e a partir daí é possível obter diferentes tipos de bebidas espirituosas.

A vodka é uma das bebidas espirituosas com mais história

A origem desta bebida se encontra na Rússia e nesta língua vodka quer dizer aguinha. Este álcool não tem cor nem odor devido à sua pureza. Quanto à sua composição ideal, deve ter 40 graus de álcool. Seu consumo excessivo gera um grave problema em toda Rússia, na verdade, os russos têm uma expectativa de vida menor que o resto dos cidadãos europeus.

Estas bebidas começaram a ser fabricadas há quinhentos anos, em Moscou. Desde suas origens seus líderes políticos exerceram um forte controle sobre sua fabricação e distribuição.

Na época da União Soviética, a vodka foi considerada um licor proletário e esta crença levou a altas taxas de alcoolismo na população. Neste sentido, durante a história da cidade de Moscou, ocorreram vários incêndios provocados por pessoas alcoolizadas pelo consumo de vodka. Este tipo de fenômeno começou a ser combatido pelo czarismo e em seguida pelo comunismo, onde foram impostas medidas que limitavam seu consumo. No entanto, estas medidas não tiveram muito sucesso, já que a população começou a fabricar vodka de forma caseira.

Alguns historiadores que pesquisaram sobre a Revolução Russa de 1917 afirmaram que o assalto ao Palácio de Inverno ocorreu porque grande parte da população acreditava em suas adegas eram armazenadas grandes quantidades deste licor.

Imagem: Fotolia. 1alexalex, amphotolt

Relacionados:

  1. Tequila
  2. Bebidas Isotônicas
  3. Bebida Energética
  4. Alcoolemia
  5. Fermentação
  6. Friorento
  7. Tabernáculo
  8. Bistrô
  9. Delirium Tremens
  10. Whisky