Acidente de Chernobil - Conceito, o que é, Significado

Publicidade

No final do mês de Abril de 1986 houve um acidente nuclear na central elétrica de Chernobil, a pouco menos de 100 km de Kiev, capital da Ucrânia. Os altos níveis de radioatividade resultaram em três importantes efeitos.

Publicidade

Em primeiro lugar, a morte de 4.000 pessoas que participaram dos trabalhos de emergência após a catástrofe. Em segundo lugar, a morte de 50.000 pessoas devido aos efeitos da radiação em longo prazo. Por último, o acidente nuclear foi um fator determinante para o desaparecimento da União Soviética.

Publicidade

A catástrofe nuclear ocorreu durante a época da Perestroika, um período onde a União Soviética tentava modernizar o regime comunista.

A maioria dos historiadores afirma que o acidente de Chernobil teve um papel de destaque no declínio do sistema comunista soviético.

O modelo energético da URSS havia demonstrado sua ineficiência e esta fraqueza provocou uma rejeição social nos ucranianos, um povo que estava submisso aos soviéticos há mais de 60 anos.

Os efeitos do acidente estão ainda muito presentes mesmo após trinta anos

A nuvem tóxica gerada após a explosão nuclear teve consequências imediatas para vários territórios como Rússia, Bielorrússia e Ucrânia. E de maneira indireta também afetou muitos países da Europa Ocidental.

Grandes extensões de terra foram afetadas pela explosão do reator nuclear, trazendo consequências dramáticas ao meio ambiente. A contaminação afetou a qualidade do solo e das plantações e, como consequência disso, a cadeia alimentar também foi alterada.

Assim, em uma área de 160.000 quilômetros quadrados, os habitantes afetados pelo desastre ainda sofrem com os efeitos da contaminação: distúrbios digestivos, tumores malignos, graves problemas respiratórios e um aumento notável nos casos de câncer.

Do mesmo modo foram detectados casos de alteração no DNA. Além dos problemas físicos, o acidente teve um forte impacto psicológico e emocional que resultou no aumento do alcoolismo e dos problemas mentais. Atualmente, as crianças que nascem continuam sofrendo com os efeitos devastadores do desastre nuclear.

Uma cidade fantasma

O acidente na central de Chernobil ocorreu a três quilômetros da cidade ucraniana de Pripyat. Dois dias após a catástrofe, seus 50.000 habitantes começaram a evacuar do local.

Naquela época, disseram para eles que deixariam suas casas apenas por alguns dias, mas nunca retornaram.

Atualmente, algumas empresas organizam tours para que os turistas possam passear em uma cidade fantasma totalmente abandonada e em ruínas.

Imagem: Fotolia. Stramyk Igor

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: