Turismo de Aventura - Conceito, o que é, Significado

O turismo como fenômeno social é uma atividade relativamente recente. No início do século XIX, na Europa, as pessoas ricas começaram a frequentar balneários para descansar por uns dias. Com o passar do tempo, as praias entraram em moda e esse era um lugar onde havia a possibilidade de desfrutar de um bom banho e do tempo livre. Estas atividades eram realizadas por viajantes, por isso eram chamados de turistas.

Por volta do século XX o turismo (este termo vem do francês tour e significa volta) se transformou em fenômeno social de massa, uma vez que a classe média teve a possibilidade econômica e acesso para pegar uns dias de férias fora do seu local de origem.

Inicialmente, o conceito turismo não tinha qualquer rótulo, mas com o passar do tempo o setor turístico se desenvolveu e começou a surgir modalidades diferentes para as férias. Uma delas é justamente o turismo de aventura.

O que se entende por turismo de aventura?

Cada pessoa tem uma ideia muito pessoal sobre o que é uma aventura. Para alguns viajar para um lugar próximo já é uma aventura, mas outros consideram que uma autêntica aventura consiste em percorrer lugares mais afastados da civilização.

Apesar da subjetividade do termo, esta modalidade turística se refere a diversas atividades, tais como: praticar esportes de risco ao ar livre; visitar lugares exóticos longe dos circuitos tradicionais de sol e praia; percorrer rotas de trilha; realizar mergulho e snorkeling; saltar de paraquedas; realizar safáris fotográficos; participar de projetos arqueológicos ou ter experiências com um componente espiritual. O turismo de aventura pode ser realizado na terra, no água ou no ar.

As empresas que gerenciam este tipo de turismo devem planejar as atividades levando em conta aspectos como o fator de risco, pois certas práticas (por exemplo, o paraquedismo e o mergulho) devem ser realizadas com as medidas de segurança adequadas. O turista procura emoções de certo risco, porém o risco tem que estar sobcontrole.

Resumindo, o turismo de aventura está relacionado à atividade física e à busca de novas emoções.

A quem se destina o turismo de aventura?

Este tipo de turismo não está pensado para pessoas que querem desfrutar do sol e da praia, que desejam fazer compras ou ainda daquelas que querem sair pela noite para dançar.

O perfil do turista que busca aventuras é normalmente alguém dinâmico e inquieto, uma pessoa que prática habitualmente algum esporte em sua vida cotidiana e que gosta de superar desafios pessoais.

Imagem: Fotolia. Jacob Lund

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: