Peripécia - Conceito, o que é, Significado

O termo peripécia apresenta vários sinônimos com aventura, andança, acontecimento ou incidente. Assim, a peripécia é uma circunstância relacionada normalmente a um acontecimento particular e pouco comum, como uma viagem a lugar distante, um acontecimento inesperado, um acúmulo de casualidades, mudança de planos ou férias acidentais.

As peripécias dos personagens de ficção

No mundo da ficção é comum que os personagens protagonistas vivam todo tipo de peripécias ao longo da história. O escritor conta o que acontece com os personagens e para dar ênfase à história é necessário o surgimento de ações repentinas e inesperadas, neste sentido, a peripécia age como uma mudança imprevista no curso dos acontecimentos.

Na história da literatura são famosas as peripécias de Ulisses, Don Quixote, Tom Sayer, Romeu e Julieta, Martin Fierro, entre outras. Se tomarmos como referência qualquer um destes personagens suas peripécias podem ser felizes ou tristes, perigosas ou acidentais. Em outras palavras, as ações dos personagens são uma mescla de todo tipo de acontecimento.

Do ponto de vista literário, alguns gêneros estão baseados precisamente na sucessão de acontecimentos de várias naturezas, como acontece nos romances históricos, românticos, de aventura ou nas biografias. Em outros gêneros as peripécias têm um valor secundário ou são inexistentes, como no ensaio filosófico ou na crítica literária. Em resumo, pode-se dizer que há peripécias quando se conta uma história.

As conotações do termo

A palavra peripécia apresenta conotações precisas. Através dela se sugere que o conteúdo de uma história (real ou imaginária) não é algo corrente e cotidiano, mas se trata de uma série de acontecimentos chamativos que por sua natureza chamam a atenção. Assim, quando uma pessoa diz “Vou lhe contar as peripécias da minha última viagem”, o interlocutor está preparado para escutar algo fora do normal e impactante, ou seja, uma pequena aventura.

As conotações do termo estão diretamente relacionadas à sua origem etimológica, uma vez que o termo peripécia vem do grego peripateia, que no seu sentido originário se referia às mudanças repentinas que aconteciam com os personagens das tragédias e dos dramas gregos. Por esta razão, não é de se estranhar que Aristóteles afirmava em sua obra "A Poética", a peripécia é uma sucessão de acontecimentos em uma peça de teatro.

Imagem: Fotolia. Sonulkaster

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: