Conceito » Educação » Tipos de Narrador

Tipos de Narrador - Conceito, o que é, Significado

No gênero narrativo são contados fatos fictícios. Este tipo de texto é composto geralmente por romances ou contos, mas também por lendas, fábulas, epopeias, entre outros. De qualquer forma, os acontecimentos apresentados são relatados por um narrador. Deve-se destacar que não se deve confundir a figura do narrador com o autor do texto.

Neste sentido, os autores criam a figura de um emissor fictício que conta os acontecimentos e é propriamente o narrador do texto.

Distinguindo as classes de narrador

- Se o narrador faz parte da história que se conta ou diretamente intervém no curso dos acontecimentos, trata-se de um narrador homodiegético (homo significa igual e diegético vem do grego diegese, que significa história). Este tipo de narrador pode apresentar variantes. Em certas ocasiões é o protagonista da história, mas também pode ser uma simples testemunha ou então um personagem secundário.

- Se é um narrador protagonista, normalmente conta sua própria história em primeira pessoa.

- O narrador testemunha adota um papel de mero espectador que observa o curso dos acontecimentos e muitas vezes conta a história em primeira pessoa.

- O narrador personagem não é o centro da ação relatada, mas faz parte dela.

- Se o narrador não tem nenhuma relação com a história e conta os acontecimentos que vê de fora, trata-se de um narrador heterodiegético. Esta figura narrativa conta os fatos normalmente na terceira pessoa gramatical. Existem dois tipos de narrador heterodiegéticos: o onisciente e o de conhecimento relativo ou objetivo dos fatos.

O primeiro é alguém que sabe absolutamente tudo o que acontece na história narrada, inclusive os pensamentos e as emoções dos personagens. O segundo narrador descreve as ações específicas e não comunica os pensamentos ou sentimentos dos personagens.

- A figura do narrador na segunda pessoa gramatical é a menos comum. Quem conta a história se dirige a um interlocutor, por exemplo, ao leitor. Este recurso narrativo é usado frequentemente em blogs ou então no gênero epistolar.

O narrador é de alguma maneira um personagem invisível da ficção

Independentemente dos tipos de narrador, a figura do narrador de uma história se torna um personagem a mais. O autor de um romance inventa um contador da história que se torna um autor fictício da própria novela. Embora o leitor não perceba isso diretamente, ele se comunica com o narrador que conta a história.

Imagem: Fotolia. robu_s

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: