Conceito » Comunicação » Analepse

Analepse - Conceito, o que é, Significado

Na hora de contar uma história, a sequência cronológica da narrativa tem um papel importante. Muitas vezes, na criação literária e no cinema, os acontecimentos descritos são interrompidos para contar algo do passado e quando isso ocorre se fala de analepse.

Modalidades e exemplos

Na analepse existe sempre uma referência ao passado. Este retrocesso tem duas versões ou modalidades: o flashback e o racconto.

O flashback consiste em uma interrupção abrupta da trama em que momentaneamente aparece uma lembrança do passado e em seguida a história continua no presente (o termo flash significa aparecimento e desaparecimento e back quer dizer para trás). Portanto, trata-se de uma volta ao passado com caráter momentâneo.

No mundo do cinema há alguns exemplos clássicos: o filme de Alfred Hitchcok "Marnie, Confissões de uma ladra", "Pulp Fiction: Tempo de Violência" de Quentin Tarantino ou "Que belo é viver!" de Frank Capra.

No racconto existe também um retorno ao passado, mas se trata de uma retrospecção mais prolongada no tempo. Assim, em primeiro lugar, a ação do presente é interrompida, em seguida conta-se algo que já aconteceu de maneira detalhada e, finalmente, a história contada volta ao instante da interrupção inicial.

O romance "O caminho" de Miguel Delibes e a série televisiva "Aqueles maravilhosos anos" são dois exemplos da técnica narrativa do racconto.

Com estes recursos narrativos o criador pode buscar vários efeitos: que a história tenha uma maior coerência, que os leitores ou espectadores tenham informações relevantes para compreender o curso dos acontecimentos, que o passado de um personagem seja conhecido ou que se mantenha o interesse da trama.

O efeito contrário à analepse é a prolepse, porém é mais conhecida pelo termo inglês flashforward

Com este recurso narrativo, o momento presente é interrompido para anunciar um acontecimento que ainda não ocorreu. Após a interrupção destinada ao futuro, a narrativa retorna ao momento presente.

Um exemplo ilustrativo é o romance "O túnel" de Ernesto Sábato, pois nesta história o leitor sabe desde o início que o protagonista cometerá um assassinato.

Tanto a analepse como seu efeito oposto são anacronias, ou seja, são saltos temporários na qual o narrador interrompe o desenvolvimento da história para contar acontecimentos anteriores ou posteriores.

Ambas as formas de alteração temporária permitem que a história tenha um maior dinamismo e assim desperte o interesse do leitor ou espectador.

Imagens Fotolia: Hurca, Naeblys

Relacionados:

  1. Flashback e Racconto
  2. Raccord
  3. Prequela
  4. Cinema Independente
  5. Texto Narrativo
  6. Evocar
  7. Final Aberto e Final Fechado
  8. Cinema
  9. Resenha Histórica
  10. Paleografia