Conceito » Cultura » Dramaturgia

Dramaturgia - Conceito, o que é, Significado

O termo dramaturgia se refere à arte do teatro. Aquele que protagoniza esta forma de criação é o dramaturgo, ou seja, a pessoa que faz dramas. Neste sentido, deve-se destacar que a palavra drama em grego quer dizer “eu faço”. Assim, o dramaturgo é aquele que recria teatralmente uma história inventada, podendo ser uma tragédia, uma comédia, um drama, assim como uma diversidade de gêneros e subgêneros teatrais (vaudeville, zarzuela, ópera, monólogo, mime, etc.) De qualquer forma, a dramaturgia é a arte de representar uma história num palco.

Elementos próprios da dramaturgia

O elemento fundamental desta arte é o texto teatral. Embora a história do teatro seja realizada propriamente em cenários convencionais, não se pode esquecer que a obra teatral também foi levada ao cinema e à televisão.

As peças teatrais são feitas para ser representadas. Neste sentido, um texto teatral é incompleto porque não incorpora os elementos próprios da cenografia, tais como a iluminação, o figurino ou o movimento dos atores. Por outro lado, a música e a decoração do palco são elementos essenciais em qualquer peça de teatro.

O principal argumento de uma peça teatral deve ser chamar a atenção do público durante sua representação e, assim, estabelecer um momento culminante para dirigir a história rumo ao seu desfecho final.

Em uma história teatral os personagens são criados para ser encanados por atores

Desta maneira, a ação contada ao espectador é expressa através de diálogos entre atores, sendo assim não se torna necessária a figura de um narrador.

Num texto teatral costumam aparecer instruções do autor especificando como os atores devem atuar e estas instruções são conhecidas pelo nome de marcações.

Em síntese, a dramaturgia está formada pelos seguintes elementos: o autor ou dramaturgo, o texto propriamente dito, os atores dirigidos por um diretor e a cenografia. Tudo isso pensado para encantar o público.

Origem do teatro

Os gregos assistiam as cerimônias religiosas em honra aos seus deuses. Durante estas cerimônias, os gregos consagravam os acontecimentos sobrenaturais dos seus deuses e reproduziam a vida dos seus heróis mitológicos e lendários. Estas histórias tinham um componente moralista, a partir daí começaram a representar num cenário para expressar a necessidade de prestar lealdade aos deuses ou às leis da cidade.

As primeiras apresentações foram realizadas em honra a Dionísio e por este motivo ele é considerado o patrono do teatro.

Imagem: Fotolia. filipefrazao

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: