Conceito » Tecnologia » Tecnologias Duras e Leves

Tecnologias Duras e Leves - Conceito, o que é, Significado

Entende-se por tecnologia o conjunto de processos de trabalho, técnicas e maquinários destinados a transformar as atividades cotidianas. Desde a pré-história até a atualidade, a tecnologia não deixou de evoluir. Entre as diversas modalidades, existe uma classificação que a distingue através da denominação de "duras" em relação às máquinas e aparelhos que uma pessoa observa com facilidade, e outra que com o título de "leves” compreende os processos intangíveis que permitem resultados surpreendentes, como uma proposta de ensino educativo.

Tecnologias duras

Este item inclui as máquinas, ferramentas, robôs e redes de telecomunicações. Em poucas palavras, trata-se de coisas tangíveis. Em relação às suas características gerais, podemos destacar duas:

1) são ferramentas inovadoras que permitem facilitar tarefas,

2) proporcionar mais velocidade e eficiência que os procedimentos tradicionais.

O plástico é um dos materiais mais característicos deste tipo de tecnologia. É uma substância orgânica, com alto peso molecular e que pode ser moldada facilmente. Este material tem uma superfície lisa e impermeável, mas não é um bom condutor de calor. É fabricado a partir de matérias-primas baratas que podem ser facilmente obtidas.

Os plásticos são divididos em dois grupos: termoplásticos e termoendurecidos. Os primeiros não sofrem mudanças físicas durante sua modelagem e permanecem suaves diante das altas temperaturas (esta modalidade provém de materiais de origem vegetal e mineral, como a celulose ou o polietileno). Os termoendurecidos se formam através do calor com ou sem pressão e se trata de um produto especialmente duro (as matérias-primas mais utilizadas são as resinas).

Tecnologias leves

O produto deste tipo de tecnologia não é tangível, já que sua finalidade é melhorar o funcionamento das instituições e organizações. Este conceito é aplicado a empresas, atividades comerciais e serviços.

Uma metodologia educativa, um sistema de contabilidade, um procedimento de logística ou uma campanha de marketing são exemplos de tecnologias leves. O importante nelas não é o que, mas sim o como; por este motivo se tornou popular a ideia de know how.

Os escritórios 3.0 como exemplo de tecnologia leve

Os espaços de trabalho foram transformados significativamente nos últimos anos. Os escritórios do século XXI apresentam duas características:

1) os empregado trabalham on-line sem a necessidade de permanecer em um lugar fixo,

2) há uma plataforma de produtividade e comunicação agrupada na nuvem virtual que permite o uso de todo tipo de ferramenta (power point, excel, email, serviços de conferência através do skype, sistemas de armazenamento on-line, etc.) .

Os escritórios 3.0 não possuem horários fixos, nem papéis e salas. Em resumo, graças à tecnologia, o local de trabalho não é mais o local onde se encontram as máquinas.

Imagem: Fotolia. dflohr

Relacionados:

  1. Usinagem
  2. Dispositivos periféricos
  3. Fintech
  4. Lógica Difusa
  5. Tecnologia
  6. Idade do Bronze
  7. Mão de Obra Direta e Indireta
  8. Tangível
  9. Programação
  10. Memória RAM