Conceito » Economia » Startup

Startup - Conceito, o que é, Significado

Uma das principais características da economia do mercado atual é a diversidade de produtos e empresas das quais podemos ter acesso como consumidores. Num contexto de competitividade próprio da economia capitalista as empresas procuram maximizar seus lucros e superar seus concorrentes, seja através do preço ou da qualidade dos produtos. Este é o quadro geral dos startups.

O startup é uma empresa com uma série de características

- Normalmente são PMEs que por causa de suas novas tecnologias não necessitam de um grande volume de mão de obra.

- No processo de produção e produto final desempenha um papel muito importante relacionado ao uso das novas tecnologias. As TIC tem um objetivo triplo: agilizar os processos, baratear o custo de produção e adaptar-se às novas tecnologias dos mercados.

- As startups têm uma quota de mercado bastante reduzida, pois buscam lançar um produto concreto e normalmente novo dentro do seu setor.

- O rápido crescimento é outra de suas características.

Os aspectos acima mencionados nos faz lembrar que as empresas denominadas startup formam o paradigma empresarial da atualidade.

Para criar um startup é conveniente levar em consideração uma série de variáveis:

1) idealizar um Produto Mínimo Viável ou PMV para atender as expectativas dos consumidores;

2) estabelecer a diferença essencial do produto ou serviço;

3) encontrar uma solução para um problema;

4) analisar a concorrência no sector;

5) definir a tipologia de clientes potenciais;

6) conhecer os recursos iniciais para colocar em funcionamento a atividade;

7) realizar uma análise financeira realista;

8) lançar uma campanha de marketing.

Os especialistas em startups acreditam que além dos fatores técnicos mencionados a parte emocional é essencial para alcançar o sucesso com este modelo de negócio.

Qual é o perfil de um empreendedor que desenvolve um startup?

Os indivíduos que colocam em prática este tipo de iniciativa são geralmente muito bem informados sobre o mercado, sobre a linguagem das novas tecnologias, do marketing e uma gama de ferramentas complementares, por exemplo, novas fontes de financiamento ou programação neurolinguística adaptada ao mundo da empresa.

Devido a tudo isso, o perfil de um investidor em startup é geralmente uma pessoa jovem, com desejo de superação e conectada a tudo o que se relaciona à inovação.

Imagem: Fotolia. goodluz

Relacionados:

  1. Empresa Multinacional
  2. Empresa Subsidiária
  3. Competitividade Empresarial
  4. Fintech
  5. Vida Útil
  6. Concorrência
  7. Distribuidor
  8. Excedente (Economia)
  9. Economia Circular
  10. Logística