Resumo - Conceito, o que é, Significado

Denomina-se resumo à compreensão abreviada de uma exposição informativa. Costuma ser utilizado formalmente para conseguir uma primeira aproximação a um tópico ou questão mais extensa. Assim, por exemplo, um determinado trabalho acadêmico, com uma exposição que exige consideração de um extenso número de detalhes tem como introdução um resumo que tem como finalidade abordar os temas e a maneira que será efetuado esse desenvolvimento temático. No obstante, seu uso mais comum costuma ser aplicado no caso de estudo com uma educação formal, quando a aprendizagem de uma determinada matéria exige uma condensação das principais ideias que posteriormente vão servir de revisão.

Neste último caso é importante ter uma visão geral do material que está sendo objeto de resumo; de outra maneira pode dar ênfase a temas inconsequentes e deixar de lado os eixos estruturadores do discurso. É por isso que é recomendável fazer uma primeira leitura muito vaga e superficial do tema do início ao fim, para depois, abranger a uma leitura pausada e cuidadosa do tema, respeitando os momentos adequados para assimilar as ideias e destacar aquilo que é considerado mais significativo e representativo da totalidade do texto. Uma vez que se tem um conjunto de ideias que podem ser destacados como principais, o adequado é reescrever com as próprias palavras para que seja mais fácil sua assimilação e revisão.

Os resumos também se referem para explicar os filmes, séries ou peças de teatro. Neste caso a ideia é dar um referencial ao espectador para que ele faça a melhor escolha na hora de optar em dispor de seu tempo para contemplar a obra. Muitas vezes estes casos vêm acompanhados de uma critica orientadora a respeito. O mais comum pode ser observado na imprensa com os jornais e revistas.

Para finalizar, vale ressaltar que o processo de resumir um determinado tema é próprio da maneira em que o homem percebe sua capacidade cognitiva. De fato, costuma-se dizer que existem áreas do cérebro que se orientam em tratar de compreender as diferentes partes a partir de um todo, de começar uma análise em geral e global para entender um determinado aspecto em particular. Toda esta captação pode ser realizada apenas a partir de um processo de síntese ou simplificação que não repare em particularidades. É sem dúvidas uma mostra mais do que extraordinária e surpreendente da capacidade humana.

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: