Conceito » Geografia » Plataforma Continental

Plataforma Continental - Conceito, o que é, Significado

No fundo da massa de água que cobre o nosso planeta se encontra uma paisagem assombrosa com milhares de vulcões, cordilheiras montanhosas e fossas marinhas de grande profundidade. O fundo do mar é uma das regiões geológicas mais ativas do planeta e sua superfície é conhecida como plataforma continental. Trata-se de uma região da Terra que ainda não foi totalmente explorada.

A geologia dos fundos marinhos

A plataforma continental é uma saliência pouco profunda que se estende por uma média de 80 km mar adentro e com uma média de 130 metros abaixo da superfície.

Os relevos submersos abaixo do nível do mar podem ter duas origens geológicas. Por um lado, os relevos da margem continental, representando a continuação dos continentes abaixo do nível do mar. Por outro lado, estão os relevos dos fundos oceânicos.

As estruturas das plataformas continentais têm uma relação estreita com os relevos que aparecem acima da superfície da Terra

Nos territórios de planícies costeiras, as plataformas continentais são geralmente extensas e com suaves inclinações.

Após a plataforma continental está a talude continental, que é uma área de encosta íngreme. Em seguida, está o pé do talude, que se forma pelo acúmulo de sedimentos caídos e é parte que se encontra em contato com o fundo do oceano.

Entre os relevos do fundo oceânico estão as planícies abissais, que são superfícies bem planas e que se encontram cobertas de sedimentos (nestas planícies aparecem os guyots ou montes submarinos). As planícies abissais são interrompidas por dorsais oceânicas, que são cordilheiras submarinas que se estendem ao longo de todos os oceanos. As fossas oceânicas são a última forma de relevo submersa e sua extensão e profundidade são bem variáveis.

Em relação a outras áreas

O estudo das plataformas continentais vai além das questões geológicas. Deve-se destacar que os relevos da superfície oceânica têm uma relação direta com outras áreas: com as correntes marítimas, com a jurisdição das águas e o direito do mar, com o estudo dos vulcões, com a instalação de cabos submarinos para as telecomunicações ou com a exploração de solos marinhos.

Imagem: Fotolia. tentacula

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: