Conceito » Alimentação » Café da manhã Americano e Continental

Conceito de Café da manhã Americano e Continental

A primeira refeição da manhã apresenta todo tipo de modalidade em função da gastronomia tradicional de cada país. No entanto, a maioria dos hotéis de projeção internacional conta com duas versões de café da manhã: o americano e o continental.

Um café da manhã típico americano nos estabelecimentos hoteleiros

O café da manhã apontado com um pequeno almoço nos Estados Unidos tem uma referência cultural gastronômica. Alguns dos seus ingredientes básicos são os seguintes: bacon frito, panqueca, ovos fritos ou mexidos, salsicha, pão, torradas e cereais misturados com leite. As bebidas que o acompanham podem ser: café, chá e sucos. Como se pode observar, os ingredientes são ricos em calorias e proteínas, além de altos níveis glicêmicos. Trata-se de um pequeno almoço que traz muita energia, mas na maioria dos casos é uma energia superior às necessidades alimentares reais. Os especialistas em nutrição afirmam que não é aconselhável abusar desta modalidade de café da manhã.

O café da manhã continental foi criado curiosamente nos Estados Unidos para adaptar-se às tradições culinárias dos turistas europeus

Este modelo de café da manhã dos hotéis geralmente é servido em forma de buffet para que os clientes se sirvam de acordo com suas preferências. Seus ingredientes mais comuns são: torradas com manteiga ou geleia, bolos, iogurtes, queijos, embutidos e como acompanhamento chá ou café. O café da manhã continental é mais leve do que o americano e não inclui alimentos cozidos (por exemplo, ovos fritos e bacon). Quanto ao seu nome, é chamado assim por ser bastante semelhante ao café da manhã tradicional do continente europeu.

O alimento mais importante do dia

Quando dormimos consumimos energia, assim, o café da manhã permite que nossas funções metabólicas possam ser colocadas em prática adequadamente. Não tomar café da manhã é uma das piores medidas que uma pessoa pode adotar, já que debilita o organismo e desenvolve doenças.

Ao contrário do que se pode parecer, renunciar ao café da manhã aumenta as possibilidades de ganhar peso, pois nos vemos obrigados a beliscar ao longo do dia e com isso acabamos engordando. O objetivo final desta refeição é proporcionar energia suficiente para o resto da jornada.

Os alimentos de um bom café da manhã devem ser ricos em fibra e com pouco carboidrato. Um bom exemplo seria o seguinte: torradas de pão integral com queijo fresco ou azeite de oliva, iogurte desnatado com frutas ou frutos secos, acompanhado de suco natural, café ou chá.

Imagem: Fotolia. lunamarina

Relacionados:

  1. Buffet
  2. Café Expresso – Capuchino
  3. Bistrô
  4. Descafeinação
  5. Bebida Energética
  6. Ginkgo Biloba
  7. Sacarina
  8. Amaranto
  9. Subproduto
  10. Serviço