Oceano - Conceito, o que é, Significado

OceanoNa mitologia grega, as forças da natureza tinham um papel muito importante. Para referir-se à água que rodeia o planeta, utilizavam a palavra okeanos, que vem do grego, para dar origem ao termo oceano.

Se pensarmos em nosso planeta, o primeiro dado a chamar atenção é o fato de ser formado por dois terços de água e apenas um de terra.

Os oceanos foram formados durante o processo de esfriamento do planeta há milhões de anos atrás. Em relação a sua profundidade existem três níveis: a zona mais superficial se chama Batial e atinge aproximadamente 100 metros onde a luz desaparece; existe também a zona intermediária chamada Abisal que atinge 6000 metros e, por último, a zona Hadal que supera os 6000 metros. Em relação aos fundos oceânicos, devem-se levar em conta as montanhas que superam a altura das cordilheiras mais altas da superfície terrestre.

Embora possa parecer que já conhecemos todo o planeta, ainda há muita informação a ser descoberta em relação aos oceanos, onde atualmente ainda se cartografa o fundo oceânico. Neste sentido, não devemos esquecer que embaixo do mar existem produtos de muita utilidade como petróleo, gás, carvão e inclusive diamantes.

Um dos principais fenômenos do oceano é o movimento das ondas, produzidas pela força do vento que agita a superfície do mar. Embora as ondas aparentemente se desloquem para frente, na realidade elas se movem em círculos. O mecanismo das ondas é um exemplo dos mais variados fenômenos da natureza produzidos nos oceanos: as correntes, os arrecifes de coral e as formações de ilhas em consequência do desnível do mar.

Na realidade, ao empregar a palavra oceano nos referimos aos diversos oceanos. Em relação à superfície, os maiores pela ordem são: Oceano Pacífico, Atlântico, Índico e Ártico.

Apesar da importância dos mares e oceanos, eles se encontram em perigo. As duas grandes ameaças são a pesca descontrolada e a contaminação. Porém o ambiente marinho apresenta outros problemas: a extinção de espécies, a destruição do ecossistema e o excesso na construção costeira. Há entidades e organizações que tentam alertar a humanidade sobre os riscos caso não sejam adotadas soluções eficientes.

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: