Conceito » Religião » Movimento Hare Krishna

Movimento Hare Krishna - Conceito, o que é, Significado

O grupo dedicado à Consciência de Krishna, também conhecido pelas siglas em inglês ISKCON, é popularmente chamado de Hare Krishna. Trata-se de uma proposta religiosa inspirada no hinduísmo e que foi fundada por volta de 1920 pelo hindu Abbay Charan De.

Principais crenças

Seus fiéis acreditam em uma única divindade chamada Krishna e consideram que tudo o que existe procede dela. A aspiração dos homens deve consistir em impregnar-se da consciência de Krishna e não deixar contaminar-se pela realidade mundana.

Seus seguidores são introduzidos progressivamente neste grupo religioso e para isso realizam três processos:

1) renunciam ao nome original para adquirir um novo nome e assim rompem com todo laço pessoal ou familiar de sua vida passada;

2) potencializam sua espiritualidade seguindo um líder ou um guru;

3) suas convicções e ideias ficam em segundo plano e se dedicam intensamente à consagração de Krishna.

Seguem um texto sagrado do hinduísmo, o Baghavad Gita

Nele estão os princípios básicos de sua doutrina: que há um Deus que controla tudo, que a essência do ser humano é sua alma espiritual, que a alma humana e Krishna estão conectadas através de uma força energética e, por último, que as ações pessoais geram energia ou karma.

Além das suas crenças, seus seguidores praticam ioga e são vegetarianos, possuem normas rígidas sobre a sexualidade e evitam qualquer tipo de raciocínio mental que possa perturbar seu espírito.

Como outras correntes religiosas, este movimento é considerado por alguns especialistas uma seita destrutiva.

Os estudiosos do fenômeno das seitas destrutivas consideram que os Hare Krishna formam um grupo pernicioso e nocivo por vários motivos:

1) seus membros vivem isolados do mundo e sem nenhum contato com familiares e amigos;

2) a especulação mental está proibida e seus membros devem obedecer exclusivamente ao guru que lhes orienta e aos ensinamentos de Krishna;

3) alguns ex-membros afirmam ter sofrido todo tipo de manipulação para modificar seu comportamento, o que é conhecido comumente como "lavagem cerebral".

Imagem: Fotolia. irynapotapenko

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: