Conceito » Religião » Ladainha

Ladainha - Conceito, o que é, Significado

A ladainha, também chamada de litania, é uma súplica ou louvor que se repete durante uma oração. As palavras pronunciadas são dirigidas a Deus ou à Virgem Maria. Pode-se afirmar que a ladainha é como se fosse um poema de adoração da qual são expressas palavras de bajulação. Quanto à sua origem etimológica, esta palavra provém do grego litanéia, que significa literalmente súplica ou oração de súplica.

Durante os primeiros séculos do cristianismo, os fiéis começaram a invocar a intercessão dos santos e da Virgem Maria como forma de pedido de ajuda. Nas primeiras sinagogas judaicas também eram pronunciadas estas súplicas.

Na Idade Média, mais especificamente a partir do século VII, as ladainhas foram totalmente integradas às orações cristãs. Nos textos de Paulo de Tarso já há referências explícitas a esta tradição cultural. De maneira oficial, foi o Papa Leão XIII quem prescreveu a incorporação das ladainhas após a oração do rosário durante a liturgia.

No mundo católico

Quando um fiel reza à Virgem Maria, no final da oração do rosário uma frase é pronunciada repetidamente: “Rogai por nós”. Assim, esta repetição no final da ladainha expressa o amor à Virgem Maria, pois foi a mulher escolhida para ser a mãe de Jesus.

Uma das ladainhas mais conhecidas afirma "Maria, a arca da nova aliança". Esta declaração vem do Antigo Testamento, onde se faz referência a um recipiente ou arca que contem elementos de grande importância para o povo judeu (o maná era o alimento do povo, a lei de Moisés servia como guia espiritual e a vara de Arão simbolizava o princípio de autoridade). Assim, já no contexto do Novo Testamento, a Virgem Maria se torna a arca da nova aliança, já que seu ventre é o "recipiente" onde se encontra o alimento espiritual para os humanos, ou seja, Jesus Cristo.

Em suma, a ladainha que mencionamos se refere a um mandato que provém do Antigo Testamento, mas que só é entendido no contexto religioso do Novo Testamento

As invocações dirigidas à Virgem acontecem de maneira uniforme e assim se reforça a mensagem de louvor ou súplica.

Entre as mais conhecidas podemos destacar as seguintes: "Ora pro nobis", "Tem misericórdia de nós" ou "Cordeiro de Deus...".

Na liturgia católica, o sacerdote reza e os fiéis congregados respondem com alguma súplica ou pedido dirigido ao Espírito Santo, a Jesus Cristo ou à Virgem Maria.

Do campo teológico, estas invocações têm a finalidade de harmonizar duas questões: o sentimento de piedade dos crentes com a liturgia.

Imagens Fotolia: Laura Saleri, Jean-François Dessup

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: