Conceito » Geografia » Mar Morto

Mar Morto - Conceito, o que é, Significado

O chamado Mar Morto, também conhecido como “Mar de sal” ou “Mar de Arabá”, é na verdade um lago, considerado o lago mais salgado do mundo. Isto significa que nenhum ser vivo, exceto alguns organismos microscópicos, podem sobreviver devido ao excesso de sal que se encontra nas águas.

Quanto à sua localização, está localizado entre Israel e a Jordânia. Sua área é de 70 km de comprimento por 18 km de largura e as águas do rio Jordão são aquelas que desembocam no Mar Morto.

As condições ambientais extremas do Mar Morto

A salinidade do Mar Morto é muito superior do que qualquer oceano do planeta, mais particularmente sua salinidade oscila entre 26 e 35%. Em suas águas apenas podem sobreviver alguns fungos e bactérias. Da mesma forma, a alta salinidade faz com que seja possível flutuar com facilidade em suas águas.

O Mar Morto se tornou um sanatório natural, onde muitas pessoas com doenças de todos os tipos fazem tratamentos (os minerais da água e as baixas radiações solares proporcionam excelentes condições para os enfermos).

Atualmente o Mar Morto se encontra em um processo acelerado de seca. De acordo com os especialistas, isto se deve ao aquecimento global associado à falta de chuva. Uma consequência deste fenômeno é a poluição salina do ar, uma circunstância que provoca sérios problemas de saúde (doenças respiratórias, problemas oculares e aumento da pressão arterial).

A dimensão histórica

Nas profundezas do Mar Morto existem grandes quantidades de asfalto. Esta substância foi empregada pelos antigos egípcios para o processo de mumificação.

Mesmo nos tempos antigos as propriedades curativas de águas já eram conhecidas, especialmente para problemas nas articulações ou de pele. De acordo com algumas lendas a rainha Cleópatra se banhava nas águas a fim de realçar sua beleza.

O papel deste mar na história é inquestionável

Neste sentido, vale a pena lembrar os manuscritos do Mar Morto, também chamados de Rolos de Qumrán. Estes textos foram descobertos de maneira acidental em 1946 e estão escritos em sua maioria em hebraico e aramaico. Graças a eles, foi possível entender melhor o conteúdo da Bíblia e a tradição judaico-cristã.

As referências que aparecem na Bíblia sobre este mar são significativas e entre elas podemos destacar a profecia de Ezequiel, que disse que um dia suas águas seriam de água doce e em suas margens seria possível pescar.

Imagens: Fotolia. beatrice prève - Max Topchii

Relacionados:

  1. Manuscritos do Mar Morto
  2. Ecossistema Aquático
  3. Mar Mediterrâneo
  4. Ponto de Equilíbrio
  5. Biótopo
  6. Protozoários
  7. Abscesso
  8. Manancial
  9. Água do Mar
  10. Ecossistema