Conceito » História » Manuscrito

Manuscrito - Conceito, o que é, Significado

Atualmente, estamos acostumados com a escrita online, ou seja, é muito comum escrever em um computador. No entanto, escrever à mão é uma forma tradicional de comunicação por escrito. O manuscrito é um texto que contém informações escritas, podendo ser em uma folha ou papel. Do ponto de vista histórico, é uma das principais fontes de conhecimento.

Geralmente, o termo manuscrito é usado para referir-se a um documento escrito de um autor famoso, portanto, este texto que mostra a letra do personagem é um tesouro cujo valor aumenta ainda mais com o tempo. Na verdade, existem bibliotecas especializadas que realizam um grande trabalho de conservação dos textos manuscritos.

O manuscrito é um legado fundamental para transmitir informação às futuras gerações, ou seja, para que um conhecimento não se perca.

Textos escritos à mão

Quando no século XV, Johannes Gutenberg criou a imprensa, o manuscrito não era mais a única forma de comunicação. Os textos editados na imprensa recebiam a categoria de impressos. Este texto estabeleceu um importante avanço na divulgação da informação, uma vez que os manuscritos eram mais elaborados.

Os manuscritos compõem uma memória viva da história. Muitos manuscritos foram preservados em forma de pergaminho. Sua utilização está contextualizada há 1500 anos a.C, no entanto, sua influência cresceu quando na cidade de Pérgamo sua importante biblioteca competia em brilho com a Alexandria. Uma das razões para o sucesso do pergaminho é que sua duração era maior do que um papiro, no entanto, também tinha um preço mais elevado.

Evidentemente, nos dias de hoje, o manuscrito também pode estar escrito em um papel. Um exemplo de texto escrito à mão é a carta. Além disso, é importante destacar que os textos escritos à mão também dão importância a uma disciplina: a Grafologia. Isto é, a interpretação dos traços de caráter a partir do tipo de letra e das características próprias.

Manuscritos iluminados

Do ponto de vista histórico, destacam-se os manuscritos iluminados, que são livros artesanais, decorados com detalhes de ouro e prata. Alguns desses motivos ornamentais são os seguintes: ilustrações, bordas decorativas e letras. Deste modo, estas decorações embelezam o texto graças a um conteúdo estético e visual. Os exemplares mais antigos são aqueles contextualizados entre os séculos III e V.

Entretanto, foi na Idade Média que esta arte criativa atingiu seu êxito social na Europa, onde os artesãos da palavra trabalhavam em oficinas para dar vida a textos de caráter sagrados, como a Bíblia ou biografias de Santos.

Imagem: Fotolia. swety76

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: