Conceito » Aprender » Manusear – Manuseio

Manusear – Manuseio - Conceito, o que é, Significado

A ação de manusear indica que alguém utiliza as mãos repetidamente com um propósito. Quanto à sua utilização na linguagem cotidiana, este termo é usado em vários contextos: quando se toca repetidamente em algo; quando há uma aproximação de tipo sexual ou então num sentido figurado.

As crianças e os cegos necessitam manusear os objetos para conhecê-los

As crianças têm uma curiosidade natural e isso lhes impulsiona a tocar em tudo que está ao seu alcance como um mecanismo de interação com a realidade. O manuseio dos objetos lhes proporciona informação de grande utilidade. Pode-se dizer que o tato nas crianças é uma forma básica de conhecimento. Com o passar do tempo, a exploração tátil infantil vai diminuindo.

As pessoas cegas tem o costume de manusear o que se encontra ao seu alcance. Esta atitude tem basicamente dois motivos: uma curiosidade natural por saber o que há ao seu redor e a necessidade de identificar os objetos que serão utilizados.

O manuseio com conatações sexuais

A sensação do toque tem um papel importante nas preliminares e na relação sexual em geral. Se os toques são consentidos por ambos, trata-se de uma ação agradável e estimulante. No entanto, quando este ato é indesejado por uma das partes, geralmente pela mulher, ela passa a ser vítima de toques agressivos. Apalpar ou manusear uma mulher como forma de abordagem sexual se trata de uma agressão física, um assédio ou um gesto de péssima educação. A cultura do manuseio faz parte da tradição machista e é parecida em outros comportamentos, como no flerte erótico contra as mulheres ou através do uso de uma linguagem vulgar sexual.

Num sentido figurado

No espanhol falado na Argentina e no Uruguai, utiliza-se o termo manuseio para dar a entender que se menospreza a dignidade de outra pessoa. Por outro lado, quando se emprega um conceito de maneira imprópria e reiterada e até mesmo quando se perde seu verdadeiro sentido se fala de conceitos manuseados. Alguns exemplos deste fenômeno podem ser os seguintes: a ideia de solidariedade, o conceito de liberdade de expressão entendido como se todas as opiniões tivessem o mesmo valor ou o uso desproporcional de certos chavões ou amuletos na linguagem cotidiana.

A palavra mão

O termo mão vem do latim manus e se trata de uma raiz etimológica que se encontra presente na linguagem coloquial. Assim, os termos manufatura, manivela, manifestar, manual e manuscrito são alguns que nos fazem lembrar a mão como presença de destaque em nosso vocabulário de uso comum.

Imagem: Fotolia. Sergei

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: