Desenvolvimento Nacional - Conceito, o que é, Significado

Desenvolvimento-NacionalO termo desenvolvimento nacional se refere à circunstância que pode ser dita que uma determinada nação tem melhorado seu padrão como consequência de uma melhora na economia. Toda nação quer alcançar uma evolução no modo de vida de seus integrantes e a partir desta perspectiva, quer alcançar um grau de crescimento em seu desenvolvimento. Para isso, estabelecem políticas que favorecem um conjunto da população e alcançar melhorias que sejam sustentáveis. No entanto, quando o mercado possui circunstâncias que somente no âmbito público possui, precisa de instituições fortes e confiáveis para que melhore as condições de vida da população. Este conjunto de regulamentos, políticas e bens públicos que garantem um contexto adequado para que a economia se desenvolva por causas convenientes e sustentáveis é chamado de qualidade institucional.

Para que uma nação e todos os seus habitantes desfrutem de uma boa qualidade de vida, é necessário que a economia produza uma quantidade de bens e serviços de acordo e esta circunstância se propague a todos. Esse tipo de circunstância pode apenas estabilizar uma economia de mercado que garanta a liberdade sobre a atividade mercantil. Esse tipo de política permite à necessidade de geração de negócios e a possibilidade de assegurar os bens e serviços que o protegem. É por isso, que a teoria difundida no campo acadêmico se refere a uma eficiência no mercado. Estes garantem a satisfação plena das necessidades com pequenos gastos dos possíveis recursos. Assim, o desenvolvimento nacional está fortemente consolidado.

No entanto, essa postura não é totalmente aceita e há aqueles que levam muito em conta o papel que o Estado deve ter. Assim, a necessidade de garantir uma distribuição adequada dos recursos só pode ser garantida por um estado que tenha como objetivo que qualquer cidadão fique sem o mínimo das necessidades a serem cobertas. No entanto, além dos atrativos que este tipo de postura possa ter, o certo é que uma intervenção na economia pode se prejudicial muitas vezes e acarretar mais problemas do que eles tentam resolver. Tais circunstâncias podem acontecer pelo simples fato de que um plano que tenta centralizar algumas decisões econômicas pode falhar devido à impossibilidade de processar todas as informações emitidas pelo mercado, para que os erros não demorem a aparecer, assim como os problemas.

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: