Conceito » Educação » Derivação (Linguística)

Derivação (Linguística) - Conceito, o que é, Significado

No campo da linguística o conceito de derivação se refere a um dos processos de formação de palavras novas. Este processo tem um critério geral: a união de uma base ou lexema e um morfema derivativo.

Deve-se levar em conta que palavras diferentes vêm de uma mesma palavra primitiva. Assim, todas as palavras que provêm de uma primitiva são conhecidas como palavras derivadas. Desta maneira, com a palavra sol podemos formar uma série de palavras derivadas: insolação, solar, ensolarado, etc. Para que o processo de derivação seja possível é necessário aplicar um conjunto de regras.

Regras da derivação nos verbos, substantivos e adjetivos

No caso dos verbos a derivação se fundamenta na união de um sufixo e um lexema. Desta maneira, na forma verbal “sonhado”, o lexema “sonh” vem acompanhado pelo sufixo “ado” do particípio.

Em relação aos substantivos e os adjetivos, a derivação também tem suas regras. Assim, como o lexema “casa”, a letra “a” desaparece se formamos a palavra “casinha”. Da mesma forma, através do adjetivo “rígido” acrescentamos o morfema derivativo “ez” e formamos a palavra rigidez.

Outras maneiras de formar palavras

A derivação não é o único sistema para formar palavras, pois também existe a flexão, a composição e a parassíntese.

A flexão consiste em acrescentar um morfema flexivo em um lexema. Assim, há morfemas flexivos de gênero e de número, por exemplo, a partir do lexema “amarel” podemos incorporar o morfema flexivo “as” e formar a palavra amarelas.

A composição não parte da união de um morfema a uma base ou lexema, porém se trata de unir mais de uma base ou mais de uma palavra. Desta forma se obtém uma palavra composta, por exemplo, amor-perfeito, boa-fé, guarda-noturno, guarda-chuva, criado-mudo.

Na parassíntese as palavras se formam combinando o princípio da composição e da derivação

No caso da palavra “automobilista” há uma composição (auto + móvel) e ao mesmo tempo uma derivação por acrescentar o sufixo “ista”. Por outro lado, a parassíntese ocorre pela união simultânea de um prefixo e um sufixo, por exemplo, na palavra anoitecer, o “a” é o prefixo e o “cer” é o sufixo.

Imagem: Fotolia. WS

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: