Conceito » Alimentação » Carboidratos

Carboidratos - Conceito, o que é, Significado

Os carboidratos, também conhecidos como glicídios, hidratos de carbono e sacarídeos, são moléculas orgânicas compostas de carbono, hidrogênio e oxigênio que resultam ser a forma biológica primária de armazenamento e consumo de energia.

De acordo com o número de moléculas envolvidos em sua formação se encontram diferentes tipos de carboidratos: os monossacarídeos (uma só molécula), os dissacarídeos (duas moléculas), os oligossacarídeos (de três a nove moléculas) e os polissacarídeos (cadeias ramificadas de mais de dez moléculas).

As funções específicas que contribuem para nossa saúde

Embora desempenhem uma infinidade de funções, a reserva de energia e a formação de estruturas são as duas mais importantes, uma vez que a glicose, imediatamente, reporta energia necessária aos organismos vivos para viver, crescer e desenvolver-se, ou seja, permite a tradicional atividade dos músculos, a manutenção da temperatura corporal, a tensão arterial, o bom funcionamento do intestino e a atividade neuronal.

Assim mesmo, os carboidratos são parte fundamental de qualquer dieta, por exemplo, estabelece que entre 55 e 60% da energia diária que um organismo necessita deve vir dos carboidratos, seja através da ingestão de alimentos ricos em amido, como é o caso das batatas e das massas ou então das reservas acumuladas no corpo, no entanto, uma dieta correta e balanceada desaconselha o consumo abusivo de alguns glicídios, como o açúcar, pelo seu alto poder oxidante que acelera o envelhecimento celular.

De qualquer forma, vale destacar que a ingestão de gorduras e carboidratos demanda o acompanhamento de atividade física, pois uma postura sedentária combinada com a recorrente ingestão destes alimentos facilita uma má metabolização

Então os carboidratos são essenciais e necessários em qualquer dieta, juntamente com as proteínas e as gorduras podendo ser ingeridas através das massas, do arroz, dos cereais, legumes, verduras e fritas, no entanto, não podem ser abusados, especialmente os açúcares e os carboidratos simples, pois são um caminho seguro para doenças crônicas, como diabete e obesidade.

Neste ponto é importante diminuir o consumo de carboidratos, pois são culpados quase que exclusivamente pelo sobrepeso ou os quilos extras de um indivíduo, no entanto, estes não são os únicos responsáveis, o ideal é sempre praticar atividades físicas saudáveis para ajudar a assimilar o seu consumo, uma vez que além de serem bons para a saúde é importante também que se sintetizem satisfatoriamente para que o círculo feche da maneira mais perfeita e saudável possível.

Também deve haver cuidado, pois muitas dietas que têm como objetivo perder peso tiram os carboidratos da alimentação e isso não é bom, aliás, tudo que é ao extremo não é bom e, sem dúvida, pode levar a um grave problema de saúde ocasionando cansaço e outros distúrbios.

Os transtornos típicos que causam

Deve-se destacar também que, às vezes, na digestão, a degradação dos carboidratos pode ser deficiente como consequência de uma doença intestinal herdada, de um distúrbio no intestino, de desnutrição ou pelo consumo excessivo de fármacos que ferem a mucosa do intestino delgado. Por acaso o carboidrato não digerido satisfatoriamente chega ao intestino grosso e produz o que conhecemos por diarreia osmótica.

Usos industriais dos carboidratos

Por outro lado, os carboidratos são muito importantes na hora da fabricação de alguns produtos, como os tecidos, os filmes fotográficos, os plásticos, entre outros. Já a nitrocelulose é usada para fazer filmes de cinema, cimento, pólvora e plásticos.

A pectina e o amido, outros carboidratos por excelência, são utilizados como agentes causadores na hora de elaborar alimentos para os seres humanos e animais.

O Agar agar é um composto de laxantes usado para espessar alimentos e para o cultivo bacteriano.

Enquanto isso, a celulose pode se tornar produtos de papel e raiom de viscose, a hemicelulose é usada para modificar o papel durante sua fabricação; já o sulfato de heparina como anticoagulante do sangue, entre outros.

Imagem: Fotolia. goir

Relacionados:

  1. Matéria Orgânica
  2. Fotossíntese
  3. Monossacarídeo
  4. Molécula
  5. Nucleotídeos
  6. Coacervado
  7. Fontes de energia
  8. Ponte de Hidrogênio
  9. Biossíntese
  10. Excreção