Conceito » Saúde » Mulher

Mulher - Conceito, o que é, Significado

Entende-se por mulher todo ser humano do sexo feminino, em oposição ao sexo masculino classificado como homem. Dentro da categoria “mulher” pode-se incluir a de menina, adolescente e adulta. Por outro lado, o termo “homem” é utilizado com frequência para referir-se à humanidade em geral ou ao indivíduo em sociedade, de forma que também compreende a mulher nesta consideração.

Do ponto de vista biológico, a mulher é um ser humano produto da fertilização do óvulo por parte da célula espermatozoide que possui os cromossomos XX. É interessante destacar que, consequentemente, uma vez que o óvulo inclui um cromossomo X, o sexo da pessoa é definido sempre pelo esperma, seja um cromossomo Y (para resultar um macho) ou então um cromossomo X (da qual o embrião será do sexo feminino).

Assim, no aspecto anatômico, as mulheres têm um sistema reprodutivo composto pelos seguintes órgãos sexuais: ovários (produção de hormônios femininos e fonte de óvulos), trompas de Falópio (destinadas à condução do óvulo e do embrião), útero (órgão da implantação habitual do embrião), vagina, vulva e seios. A função destes órgãos é tanto reprodutora como materna e se encontra coordenada de forma específica por componentes endócrinos (hormonais), neurológicos (sistema nervoso central, especialmente no hipotálamo) e comportamentais.

A ginecologia é o ramo da medicina que trata das doenças e distúrbios do sistema reprodutor feminino

Por extensão, esta ciência abrange outros aspectos menos específicos relacionados à saúde da mulher. A medicina reprodutiva e a obstetrícia são aspectos complementares da medicina do sexo feminino, respectivamente dedicadas à fertilidade e gravidez.

O início do período menstrual na mulher representa também o início do seu ciclo sexual, com um ritmo de aproximadamente 28 dias de duração. Por sua vez, culturalmente, a passagem de uma adolescente para mulher é dada por sua primeira relação sexual. Estas transições incluem componentes que excedem os parâmetros biológicos, uma vez que o ambiente social, ambiental e cultural incentivam as diferenças específicas na concepção de adolescência e idade adulta das mulheres em diferentes lugares.

Vale ressaltar que algumas doenças estão especialmente associadas à condição feminina, como o câncer de mama (embora também se apresente nos homens) e o câncer de colo de útero. Estes dois tipos de câncer estão entre os tumores com maior estratégia de prevenção, devido à difusão massiva tanto das técnicas de pesquisas (controle por meio de exames de mamografia e papanicolau, entre outros) como as de prevenção ativa, como a vacinação contra o vírus do papiloma ou HPV. Devido a sua tendência para uma vida saudável, a expectativa de vida das mulheres supera em vários anos a das mulheres em todas as sociedades atuais.

Outra doença de apresentação mais comum entre as mulheres é a osteoporose, dada ao rápido declínio dos hormônios sexuais e de seus efeitos protetores sobre o esqueleto. No entanto, a partir do 70 anos, o risco desta condição se iguala entre ambos os sexos, da mesma maneira que ocorre com o risco de doenças cardiovasculares.

É importante ressaltar que há várias considerações sobre o que é feminino e o que não é: significa que dependem do contexto sócio-histórico que pertencem

Através da história da humanidade e, especialmente, em certas épocas do século XX, o sexo feminino tem proporcionado progressos significativos na igualdade de direitos em relação aos homens. O feminismo é um movimento político e social que promove o direito das mulheres em detrimento ao machismo e da hegemonia cultural masculina. Hoje e cada vez mais, as mulheres não são consideradas apenas como mãe e dona de casa, são valorizadas também em nível profissional, social e cultural.

Neste sentido, pode-se reconhecer uma diferença de ordem cultural entre "sexo" (associado principalmente aos aspectos biológicos) e "gênero" (como construção social)

Com base nesta distinção semântica, são defendidos os parâmetros associados ao "feminino" e aos elementos de cultura, assim como o papel da sociedade rotulado para o "gênero feminino". Deve-se destacar que esta diferença varia para cada empresa, o que torna difícil estabelecer uma fronteira particular entre uma ideia ou outra.

Imagem: Fotolia. Michele Paccione

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: