Conceito » Religião » Menonitas

Menonitas - Conceito, o que é, Significado

Estima-se que na atualidade há um milhão e meio de menonitas em todo o mundo e que são distribuídos na maioria das vezes na América Latina, nos Estados Unidos e no Canadá e, em menor parte, em países como Índia, República Democrática do Congo, Indonésia e Rússia. Este grupo leva uma vida isolada do resto da sociedade e se autodenominam "irmãos de Cristo".

Sua origem tem relação com a Reforma Protestante do século XVI

No século XVI, a Reforma Luterana causou uma profunda divisão no Cristianismo. Dentro deste contexto religioso surgiram novas correntes e uma delas foi a anabatista, que defendia o batismo de adultos e não entre os recém-nascidos. Um dos líderes religiosos deste movimento foi o holandês Menno Simons, que é considerado o fundador do movimento menonita (a palavra menonita vem precisamente do nome do fundador).

Características da cultura menonita

Vivem em comunidades e se dedicam geralmente com as atividades agrícolas e pecuárias organizadas através de cooperativas. Em sua vida diária não utilizam a tecnologia atual (não usam o telefone nem os veículos a motor e seus meio de transporte habitual é a carruagem puxada por cavalos).

Sua vestimenta é muito simples, onde homens, mulheres e crianças adotam um estilo de roupa rancheira. Sua maneira de vestir está de acordo com seu estilo de vida, com base na austeridade, disciplina, trabalho duro e frequência semanal à igreja.

Meninos e meninas ficam separados na escola e normalmente não realizam o ensino superior. O sistema de ensino é muito rudimentar, uma vez que a Bíblia serve como único livro de leitura e possuem conhecimentos básicos de matemática.

Embora cada país fale sua língua nativa, os menonitas mantêm sua língua original, que é um dialeto do alemão conhecido como plattdüütch.

Não praticam esportes e evitam qualquer atividade que consideram uma tentação, especialmente a dança, a música e o consumo de álcool.

Uma comunidade perseguida ao longo da história

Embora os menonitas sejam aceitos hoje em dia pelos governos, é preciso lembrar que durante séculos foram perseguidos. Em suas origens, no século XVI, foram perseguidos porque acreditavam que suas crenças religiosas eram uma heresia. Esta circunstância levou muitos deles a emigrar para outros países.

No século XVIII, a imperatriz Catarina II da Rússia acolheu milhares de menonitas para que pudessem cultivar as terras e praticar suas crenças religiosas em liberdade, mas nas décadas seguintes foram expulsos porque as autoridades se opuseram para não cumprir com o serviço militar.

No início do século XX, o governo canadense expulsou os menonitas porque eles não aceitavam o sistema regular de ensino e não queriam renunciar o uso de sua língua e dos seus costumes. Após a Segunda Guerra Mundial, Stalin tomou a decisão de expulsá-los definitivamente e por causa desta medida ficou fundamentada a perseguição religiosa praticada pelo regime comunista da União Soviética.

Imagem: Fotolia. byggarn

Relacionados:

  1. Anabatismo
  2. Amish
  3. Presbitério
  4. Contrarreforma
  5. Reina-Valera
  6. BRICS
  7. Codificação
  8. Excludente
  9. Carta Democrática
  10. Testemunhas de Jeová