Conceito » Direito » Escala Kinsey

Escala Kinsey - Conceito, o que é, Significado

A orientação sexual das pessoas não se limita a duas simples categorias: heterossexual ou homossexual. Ambas as inclinações têm diversos graus e, portanto, o espectro da sexualidade é muito mais amplo. Para classificar as inclinações sexuais existe uma medida, a Escala Kinsey. Esta escala consiste em seis níveis diferentes de comportamento.

Após um teste com várias perguntas, os pesquisadores podem determinar a orientação sexual de cada indivíduo. No nível 0 a pessoa é apenas heterossexual, no nível 1 é heterossexual com uma pequena inclinação homossexual, no nível 2 existem inclinações homossexuais mais intensas, no 3 é possível falar de bissexualidade, no 4 há uma clara tendência à homossexualidade, no 5 a identidade homossexual é ainda mais notória e no nível 6 o indivíduo é exclusivamente homossexual.

Posteriormente, criou-se uma nova categoria relacionada às pessoas que não têm nenhuma inclinação sexual.

A publicação do trabalho de Kinsey ocasionou um escândalo na sociedade norte-americana

O norte-americano Alfred C. Kinsey (1894-1956) foi um biólogo focado inicialmente no estudo dos animais. Na década de 1930, começou a coletar informações sobre os seres humanos e sua conduta sexual.

Após realizar pesquisas a milhares de indivíduos, compilou suas conclusões em dois livros que foram publicados em 1948 (cada um deles analisava o comportamento sexual de homens e mulheres).

Algumas de suas conclusões foram as seguintes: 20% dos homens casados entre 30 e 35 anos tiveram relações extraconjugais e 28% das mulheres e 60% dos homens declararam ter mantido alguma relação homossexual durante a adolescência

A publicação desses relatórios foi duramente criticada na época, mas atualmente a dimensão científica de suas contribuições é reconhecida. Através de suas pesquisas, Kinsey não pretendia solucionar os problemas sexuais, pois seu único objetivo era expor alguns fatos concretos.

Como muitas outras teorias científicas relacionadas ao comportamento humano, a Escala de Kinsey também foi fortemente criticada.

Em primeiro lugar, afirma-se que é incorreto explicar a sexualidade através de porcentagens e medidas objetivas.

Em segundo lugar, as perguntas dos testes podem ser adequadas, mas é impossível controlar a capacidade de mentir das pessoas pesquisadas.

Imagem: Fotolia. Hydraviridis

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: