Conceito » História » Doutrina

Doutrina - Conceito, o que é, Significado

DoutrinaO conhecimento em geral pode ser compreendido a partir de muitos pontos de vista: através de temas, itens, histórias ou a partir de uma perspectiva prática ou teórica. Quando certos ideais de determinada área formam um conjunto homogêneo, estamos diante de uma doutrina.

É possível falar de doutrina do ponto de vista religioso, cultural ou político. Normalmente, é a religião que mais aplica este conceito, pois os diversos princípios, dogmas e valores de uma crença religiosa podem se agrupar e formar um corpo doutrinal, isto é, uma série de normas, ideias e recomendações.

A principal característica de qualquer doutrina é a coerência entre seus diversos elementos

Não haveria sentido algum que um princípio religioso entrasse em contradição com outro, o mesmo acontece com a área política.

Outro aspecto importante da doutrina é seu desejo pela divulgação e expansão. Os ideais religiosos ou políticos pretendem conseguir adeptos ou seguidores, pois precisam criar documentos doutrinais que servem para conhecer o conteúdo das crenças religiosas ou dos seus ideais políticos.

Como norma geral cada doutrina se opõe à outra, de tal forma que estabelecem uma rivalidade entre si, como o liberalismo que se opõe ao absolutismo e as doutrinas materialistas que se confrontam com as espirituais.

Quando uma doutrina perde seu valor por algum motivo, aparecem grupos que propõe um novo projeto doutrinal

No campo religioso esta circunstância se manifesta através de heresias (as crenças são desviadas de uma doutrina e criam outra diferente).

No caso da religião católica, sua doutrina procede de vários textos (principalmente a Bíblia), mas que se agrupam em um único documento doutrinal, neste caso o catecismo.

O termo doutrina não tem em princípio nenhuma conotação negativa...

Entretanto, quando uma pessoa ou um grupo tenta convencer o outro de algo acontece uma doutrinação, neste caso pode haver um sentido pejorativo em relação ao uso desta palavra. A doutrinação se opõe à ideia de ensino. Na verdade, ensinar significa informar a outra pessoa sobre um tema de maneira objetiva e com o propósito de finalmente propor suas próprias ideias. Pelo contrário, a doutrinação recruta seguidores fiéis e submissos a um dogma e que em certas ocasiões nos permite discutir.

Não é fácil delimitar uma fronteira entre o ensino e a doutrinação, pois são dois ideais que possuem ligações em comum. De qualquer forma, quem ensina algo quer convencer o outro e, paralelamente, aquele que doutrina também ensina o próximo a pensar.

Imagem: iStock. chuwy

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: