Mata - Conceito, o que é, Significado

Nas margens de alguns rios podemos encontrar matas. A mata fluvial é uma pequena floresta e por esta razão é também conhecida como sub-bosque.

Do ponto de vista da sua origem, algumas localidades da geografia espanhola receberam esta denominação devido à sua proximidade com as matas. Por exemplo, Soto Rucandio Cantabria, Soto del Real na Serra de Madrid ou Asturias Soto de Luiña.

A vegetação das matas

A área vinculada ao curso dos rios normalmente forma zonas de vegetação abundantes: grandes árvores, plantas que se adaptam à sombra das árvores, arbustos, trepadeiras e flores. A exuberância das matas se deve a dois motivos: a qualidade do solo e a influência da água dos rios sobre a natureza. Deve-se ressaltar que os níveis de umidade e a sombra destas áreas desenvolvem fungos e samambaias. Esta circunstância torna esse tipo de vegetação rasteira em um ecossistema de alto valor ecológico.

O valor meio ambiental dos bosques fluviais

A maioria dos rios apresentam as melhores condições para que seus leitos possam desenvolver uma vegetação abundante. Os habitats fluviais dos sub-bosques têm valor ecológico por vários motivos:

1) São fundamentais na hora de determinar o leito dos rios;

2) O tipo de habitat natural influencia a regulagem da temperatura da água dos rios e esta circunstância influi em outras atividades, como a pesca;

3) Quando as margens das florestas desaparecem por intervenção humana, as áreas habitadas mais próximas podem ser afetadas de forma negativa, pois ao desaparecer o sub-bosque como barreira protetora, os rios causam enchentes de grandes proporções.

O sub-bosque e o lazer

Os leitos dos rios com sub-bosque possuem um valor ecológico indiscutível, assim como apresentam uma boa proposta de lazer e para o tempo livre. Neste sentido, muitos países com tradição fluvial criaram áreas verdes através dos sub-bosques. Nestes locais é possível realizar todo tipo de atividade lúdica, tais como: fazer trilhas, andar de bicicleta, atividades relacionadas à educação meio-ambiental, turismo de aventura, pesca, etc.

Os sub-bosques como áreas verdes representam uma alternativa para o turismo tradicional de sol e praia. Por este motivo, os países com grande número de rios (por exemplo, Brasil, França e Canadá) preservam e cuidam esse tipo de vegetação para potencializar o turismo ecológico.

Imagem: Fotolia. dule964

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: