Vocação de Serviço - Conceito, o que é, Significado

Quando uma pessoa tem o convencimento e a paixão por exercer alguma atividade profissional se diz que ela tem uma vocação. Por outro lado, a ideia de serviço num sentido geral se refere à ação de servir, ou seja, manter uma atitude de empatia com o próximo. Consequentemente, o conceito vocação de serviço se refere à inclinação profissional orientada a atender as necessidades alheias.

Trata-se de um conceito aplicável a qualquer atividade ou comércio. Assim, qualquer médico, recepcionista, cabeleireiro ou funcionário público pode considerar seu trabalho profissional como uma vocação de serviço. Isto significa que sua motivação está baseada na satisfação dos seus clientes, em atendê-los de forma amável e honesta, enfim, dentro do exercício de sua profissão com critérios profissionais e, ao mesmo tempo, éticos.

A ajuda solidária

O conceito vocação de serviço nem sempre está relacionada ao trabalho remunerado, mas sim com as atividades realizadas de forma altruísta e com espírito de solidariedade. Os voluntários que trabalham em ONGs não recebem nenhuma recompensa financeira e sua principal motivação é a própria satisfação pessoal, além de sentir-se útil para os demais.

Em outras palavras, seu tempo e suas energias estão dirigidas para uma causa nobre, que está diretamente relacionada ao conceito de vocação de serviço.

A vocação de serviço como abordagem ética

Um profissional precisa cumprir suas obrigações de trabalho com a maior eficiência possível para receber em troca um salário. A partir desta ideia geral, existem duas abordagens possíveis:

1) O profissional tenta cumprir com sua responsabilidade porque assim estabelece o que foi firmado, mesmo porque do contrário teria consequências negativas como ser despedido;

2) O profissional tenta cumprir porque considera que é sua obrigação moral. Neste último caso, sua motivação vai além do salário que recebe ou de algumas cláusulas contratuais.

A abordagem ética da vocação de serviço consiste em atuar não por imposição de fora (como um chefe que lhe dá ordens), mas pelo seu próprio convencimento moral que lhe obriga a atuar de determinada maneira.

A chamada de Deus

No mundo cristão, algumas pessoas afirmam que sua vocação religiosa surgiu da chamada de Deus. Desta maneira, quem recebe uma mensagem ou um sinal de Deus sente que sua vida deve estar dirigida a uma única direção: o amor ao próximo, inspirado no amor a Deus.

Esta motivação religiosa está baseada também em uma vocação de serviço.

Imagem: Fotolia. keyspoon-zakimiya

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: