Conceito » Geografia » Território

Território - Conceito, o que é, Significado

A palavra território corresponde à área definida de um indivíduo ou de uma organização, instituição, estado ou país.

O conceito território é amplo e diversificado. Na Geografia, este vocábulo é muito utilizado e se em alguns casos seu uso tem uma concepção política, em outros está ligado à variação de paisagens, região, espaço e clima. Na física, por exemplo, o território se refere à superfície terrestre e ao relevo, por isso está ligado à noção de litosfera, atmosfera e outros.

Na ecologia o território é sinônimo de meio natural e ambiente do ser humano em relação à natureza. Na astronomia e na tradição espacial, o território não se detém apenas a uma questão política ou legal, mas tem a ver com sistemas de lugares interligados por redes e fluxo. No estudo do paisagismo, para citar outro exemplo, o território é sinônimo de paisagem natural ou cultural relacionados ao uso que a sociedade faz do solo.

De todas estas áreas e disciplinas, a que estuda com maior interesse o conceito território é a Geografia Política

Ela pesquisa o uso de um território como espaço físico dominado por uma pessoa ou grupo social frente a outros. Muitas vezes o território é sinônimo de Estado e poder nacional, em íntima relação com os conceitos de organização territorial e divisão administrativa que são inerentes ao desenvolvimento de uma nação como se deve ser.

Porém o conceito território é complexo e nem sempre tem uma conotação de legalidade. Em certos casos o território, a terra ou terreno podem ser usurpados ou usufruídos por indivíduos ou grupos sociais que não o possuem, dadas as condições, estes indivíduos podem eventualmente se tornar proprietários legais do território em questão.

Tal situação é um fato bastante comum no mundo todo, ou seja, são os terrenos que não têm um proprietário presente e por esse motivo são ocupados por famílias que, às vezes, conseguem obter a titularidade do mesmo. Isso acontece quando não há uma evacuação por parte dos verdadeiros proprietários ou se após um tempo razoável não havendo nenhuma reclamação a lei torna estes invasores como proprietários formais, mesmo que não pague nenhuma importância em dinheiro, esta que é a forma natural de qualquer indivíduo para ter direito a aquisição de um terreno.

Território nacional

Costuma-se falar de território nacional para referir-se a uma superfície de terra que pertence a uma nação em particular e sobre a qual um estado exerce a soberania. Não se refere apenas a um espaço de terra, mas também a um espaço aéreo e marítimo; isso se o território em questão tiver uma orla.

Normalmente, os territórios nacionais são divididos em setores (cidades, províncias, municípios, entre outros) e governados por uma administração local, embora a mesma possa estar sujeita às disposições ditadas pela administração nacional.

Os animais e o território

Por último, a noção de território é utilizada comumente para referir-se às áreas controladas ou dominadas por certos grupos de animais. Marcar território é uma prática que muitos animais – inclusive os domésticos – levam adiante para delimitar o espaço físico que lhe pertencem e dos outros da mesma espécie.

Os felinos, por exemplo, é um tipo de animal que representam essa prática, ou seja, que defendem seu território.

Os tigres adultos, por citar um dos casos mais conhecidos deste tipo de situação, são aqueles animais que com maior ferocidade defendem seu território.

Os tigres fêmeas são capazes de dispor de um território de até 20 quilômetros quadrados, sem falar dos machos que podem controlar uma área ainda maior, podendo chegar aos 80 quilômetros. Deve-se destacar que os tigres costumam aceitar a entrada de fêmeas em seu território, mas nunca de machos, não toleram este fato e é aí que mostram cada vez mais sua violência.

Quase sempre as brigas entre tigres machos por questões territoriais são muito violentas e terminam com a morte de um.

Entre as ações típicas dos felinos na hora de marcar sua propriedade territorial se destaca o ato de urinar nas árvores.

Embora nos refiramos exclusivamente aos tigres, como indicado nos parágrafos acima, a territorialidade é uma característica comum de muitos felinos. Os gatos domésticos também são grandes defensores e vigilantes de suas casas. Costumam também marcar território urinando para determinar certos limites e esfregando seus bigodes em algumas partes da propriedade.

Imagem: Fotolia. Onidji

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: