Conceito » História » Faixa de Gaza

Faixa de Gaza - Conceito, o que é, Significado

O território conhecido como Faixa de Gaza está situado no Oriente Médio, faz fronteira com Israel e Egito e está localizado às margens do Mar Mediterrâneo.

Este lugar tem uma extensão reduzida, mas especificamente 365 quilômetros quadrados. Sua área mais larga tem 12 km e as duas extremidades da Faixa estão separadas por 42 quilômetros.

O conflito entre palestinos e israelenses é especialmente intenso na Faixa da Gaza

Na Faixa de Gaza vivem mais de dois milhões de palestinos e junto com a Cisjordânia formam os territórios palestinos. A origem remota deste conflito se encontra antes de Jesus Cristo, como consequência das diferenças religiosas e culturais entre judeus e islâmicos palestinos. Os judeus foram exilados do seu território e este movimento migratório é conhecido como diáspora judaica.

No final do século XIX, o movimento sionista promoveu a criação de uma pátria judaica na Palestina e durante a 2ª Guerra Mundial milhares de judeus migraram para o território da Palestina. Quando os judeus proclamaram o estado de Israel, em 1948, os países árabes vizinhos expressaram sua rejeição e declararam guerra a Israel.

Como resultado do conflito bélico, os israelenses conquistaram a maior parte do território palestino e milhares de palestinos foram deslocados para a Faixa de Gaza e a Cisjordânia.

Esta situação foi o início das tensões entre palestinos e israelenses durante décadas, mas em 1993 foi assinado o Tratado de Oslo entre os dois povos. O acordo alcançado estabeleceu uma cessão de ambas as partes: os palestinos reconheciam o Estado de Israel e os israelenses reconheciam a Autoridade Nacional Palestina (OLP) para governar a Faixa de Gaza e a Cisjordânia.

O pacto não evitou todos os enfrentamentos entre os dois povos. Neste sentido, a Faixa de Gaza tem sido bombardeada em várias ocasiões pelo exercito de Israel.

A vida cotidiana na Faixa de Gaza

Este território está sujeito a um forte bloqueio por parte do governo israelense. Do ponto de vista de Israel o bloqueio tem uma justificativa: o movimento Hamas, que controla a Faixa e este movimento é considerado pelos israelenses como um grupo terrorista. De qualquer forma, os palestinos que vivem na Faixa de Gaza estão em condições muito precárias: altos níveis de desemprego e pobreza, escassez de alimentos e combustíveis, cortes de energia e falta de escolas e hospitais.

Nos últimos anos a população civil da Faixa de Gaza pode sobreviver por causa da ação das ONGs e a ajuda da comunidade internacional.

Imagem: Fotolia. Ilyes Laszlo

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: