Conceito » Cultura » Paixão

Paixão - Conceito, o que é, Significado

A paixão pode ser entendida como um conjunto de sensações positivas experimentadas tanto fisicamente como de maneira emocional e mental a partir do momento que uma pessoa sente um profundo amor pela outra, ou seja, a paixão consiste de maneira inesperada, de forma natural através de um sentimento de amor pelo outro.

Sentimento de amor que uma pessoa sente pela outra, que normalmente ocorre na primeira fase da relação

Se tivéssemos que localizar a paixão dentro de um estágio nas relações amorosas, a mesma deveria estar na primeira fase da relação, onde cada um dos parceiros percebe apenas o lado positivo do outro: o lado bom, lindo e de elogios. Não se depara em nada com o lado negativo. Obviamente, trata-se de uma fase ou etapa que prima pela concepção ideal do outro, muitas vezes distante do real.

Manifestações mais características

No entanto, existem características concretas que permitem diagnosticar a paixão de uma pessoa. Este é o caso da obsessão pelo outro, que vê o ser amado como perfeito e ideal, aquele que proporciona sempre a felicidade pelo fato de não possuir defeitos. Claro que isso se distancia da realidade concreta, uma vez que é impossível um ser humano sem vícios ou defeitos.

Mas obviamente, nesta primeira fase, tudo isso é encantador pelo fato de não enxergar o lado negativo do outro. Este primeiro momento de amor acontece através da paixão, sentimento que flui de maneira fantástica e é capaz de “esconder” todas as imperfeições.

Durante este momento de amor prevalece a troca de detalhes e atenções para com o outro. Os mais românticos dedicam poemas, canções, dão flores, doces, escrevem cartas de amor, por outro lado, não poupam as demonstrações físicas da paixão, como abraços e beijos constantes, andar de mãos dadas, etc. Nenhuma das partes ousa dizer nada de negativo ou feio ao outro, pois certamente "pagaria" com uma grande insatisfação por parte do amado, que poderia não aceitar e desistir do namoro ou da relação.

Para esta fase do amor foi criada uma frase bem popular, que todas as pessoas costumam usar e que de certa maneira sintetiza tudo o que foi falado até aqui: “O amor é cego”.

A paixão está baseada justamente sobre a presença do amor em um sentido romântico, pois quando se sente amor e carinho por familiares ou amigos bem próximos não faz parte do sentimento de paixão, que é dado a alguém com quem tem a intenção de formar uma família ou simplesmente namorar.

Normalmente a paixão é considerada simplesmente um estado emocional, mas na verdade esta situação envolve muito mais, uma vez que pode ser descrita como uma forma completamente particular de lidar com a realidade.

O estado de paixão acontece a partir do momento que uma pessoa identifica a outra e a vincula pura e exclusivamente através de sentimentos positivos: alegria, carinho, amor, emoção, excitação, afeição, sensualidade

Todas estas identificações são aplicadas ao outro tanto em termos físicos e emocionais como também psicológicos. É por isso que quando um indivíduo se encontra apaixonado desenvolve uma visão positiva e de alegria com a maioria das coisas que se encontram ao seu redor (ou pelo menos não deixa que as coisas negativas afetem esse sentimento de felicidade).

Geralmente, acredita-se que uma pessoa se apaixona pela outra quando descobre e conhece muitos aspectos da sua personalidade ou da sua maneira de ser. Embora a paixão também signifique atração física, a mesma não pode limitar-se a este aspecto porque isso seria apenas uma questão estética. Talvez a paixão possa ser um dos sentimentos mais positivos que um ser humano pode experimentar, mas ao significar que todas as emoções estão à flor da pele, qualquer desgosto ou fracasso pode ser vivenciado com muito mais dor do que o habitual.

Imagem: Fotolia. flint01

Relacionados:

  1. Amor Incondicional
  2. Limerência
  3. Amor Próprio
  4. Amor Verdadeiro
  5. Amor Não Correspondido
  6. Amor
  7. Ágape
  8. Apego Seguro e Inseguro
  9. Triângulo Amoroso
  10. Abandono Emocional