Conceito » Cultura » Impropério

Impropério - Conceito, o que é, Significado

Como em tantas ocasiões de nossa língua, a palavra impropério também vem do latim. Provém do verbo improperare, que significa reprovar ou injuriar, forma o substantivo improperium, que quer dizer afronta, insulto, censura ou repreensão.

Uma palavra em desuso

Este termo aqui analisado não faz parte do vocabulário utilizado cotidianamente, pois existem outras palavras sinônimas usadas com mais frequência. A palavra impropério é usada para indicar que o insulto ou injúria dirigida à outra pessoa é de certa gravidade. É o mesmo que bater na cara de alguém. Neste sentido, trata-se de uma forma culta e em desuso para desprestigiar uma pessoa através da palavra.

Em certas ocasiões, este substantivo é usado no plural, uma vez que a ação de insultar normalmente implica em uma série de desqualificações. Neste quadro, existem certas expressões que contêm esta palavra, como "cobrir de impropérios" ou "uma série de impropérios".

Insultos usados com frequência em outras épocas

Em nosso idioma, as diferentes formas de insulto também evoluíram. Assim, algumas desqualificações pessoais entraram na moda e outras deixam de ser usadas.

Tradicionalmente, a palavra volúvel se refere a uma pessoa frívola que levava uma vida louca.

Um homem era qualificado como crápula quando tinha um estilo de vida contrário à moral e aos bons costumes.

O indivíduo que agia com maldade e maneira ruim era um canalha.

Quando uma pessoa era considerada tonta ou boba, era insultada com o termo néscio.

Quando alguém não tinha suficiente agilidade mental era chamada de retardado.

Energúmeno era o indivíduo limitado e simples intelectualmente.

Quem levava uma vida improdutiva e não fazia nada de proveitoso era denominado um patife.

Petimetre era o jovem que se preocupava apenas com sua aparência física. A pessoa que se vestia de maneira ridícula era chamada de jeca.

Um babaca era simplesmente um tonto.

Todas estas formas de desqualificação pertencem aos dicionários, mas fazem parte de outra época e são muito estranhas se usadas hoje em dia.

Na Paixão de Cristo

Desde o momento em que Cristo foi preso no jardim Getsêmani até sua morte na cruz, houve uma série de episódios de sofrimento, como a coroação de espinhos e a subida ao Monte Calvário. Esta fase é conhecida como a Paixão de Cristo.

Na liturgia católica que se refere à Paixão, recorda-se que Cristo fez uma série de insultos ou impropérios ao povo judeu por ser rejeitado.

Para alguns pesquisadores, os impropérios de Cristo ao sentir-se humilhado por seu povo constitui um dos elementos essenciais do antissemitismo. Segundo a interpretação católica, os impropérios não se dirigiam exclusivamente aos judeus, mas sim a toda humanidade.

Imagem: Fotolia. Complot

Relacionados:

  1. Vitupério
  2. Espúrio
  3. Crush
  4. Opróbrio
  5. Ultraje
  6. Homenagem
  7. Conterrâneo
  8. Gilipollas (Idiota)
  9. Etimologia
  10. Língua Morta