Conceito » Religião » Domingo de Ramos

Domingo de Ramos - Conceito, o que é, Significado

O Domingo de Ramos é uma festividade integrada dentro da Semana Santa no Cristianismo. Durante este dia, ocorrem atos solenes que fazem parte da Semana Santa.

Símbolos e concepção

A cerimônia litúrgica do Domingo de Ramos se refere à benção das palmeiras, seguida da procissão e da missa. Durante a missa o sacerdote relembra a passagem da paixão de Jesus Cristo. Os fiéis que fazem parte desta cerimônia carregam ramos de palmeiras, oliveiras ou de outras árvores. Ao mesmo tempo, durante a procissão, as pessoas cantam hinos de louvor. Os sacerdotes lideram a procissão e orientam os fiéis.

A bênção dos ramos ou das palmeiras ocorre antes da procissão. Entre os cristãos é de costume guardar os ramos benzidos em suas casas, pois com eles simboliza a vitória pascal de Jesus Cristo.

Neste dia, comemora-se a entrada de Jesus Cristo no Templo de Jerusalém, montado em um burro. Vale destacar que neste dia as pessoas aclamavam o autêntico Messias.

O Domingo de Ramos no contexto da Semana Santa

Durante a Páscoa, celebra-se a paixão, a morte e a ressurreição de Jesus Cristo. Deve-se ressaltar que quando Jesus Cristo viajou para Jerusalém pela última vez conheceu seguidores fiéis, mas também se deparou com detratores que o consideravam um traidor. Jesus Cristo entrou na cidade montado em um burrinho e a multidão o aclamou como um salvador e descendente do rei Davi.

O Cristianismo recorda este episódio bíblico e durante a missa o sacerdote veste a cor vermelha, que simboliza o derramamento de sangue de Jesus Cristo para salvar os homens.

Após o Domingo de Ramos, existem outras quatro celebrações:

- Em primeiro lugar, na Quinta-feira Santa, lembra-se do episódio da última ceia de Jesus Cristo com seus discípulos e, ao mesmo tempo, a comemoração da eucaristia.

- No dia seguinte, a Sexta-feira Santa, ocorre a comemoração da Paixão de Jesus Cristo com os atos da Via Crucis.

- O Sábado Santo é um dia de espera, pois durante esse dia Jesus Cristo permaneceu no seu túmulo. A vigília pascal é o ato litúrgico mais significativo deste dia.

- A quinta-feira, a sexta-feira e o sábado santo são conhecidos como Tríduo Pascal.

- Por último, no domingo de Páscoa se celebra a ressurreição (volta à vida) de Jesus Cristo.

Em suma, na Semana Santa os cristãos recordam os últimos seis dias da vida terrena de Jesus Cristo. Para os cristãos, a celebração da Semana Santa é motivo para renovar a fé e consolidar seu compromisso pessoal.

Imagem: Fotolia. erin

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: