Afresco (Arte) - Conceito, o que é, Significado

A pintura afresco é aquela realizada sobre uma superfície rústica, também chamada de arricio. A denominação afresco, também conhecida como fresco, vem da língua italiana, mais especificamente da palavra affresco.

A técnica pictórica antecede o nascimento de Cristo e é basicamente a seguinte: cria-se uma massa de cal pura e areia sobre uma parede e o artista pinta sua obra quando a superfície ainda se encontra fresca.

Aspectos técnicos

Este tipo de pintura está associado a um processo de grande complexidade técnica, pois é necessário realizar todo tipo de preparativo, como condicionar a superfície da parede, aplicar camadas de cal de espessura diferente, molhar a parede com água ou traçar um desenho inicial. Na linguagem especializada vários termos técnicos são utilizados, tais como trusilar, arriciato e intonaco (cada um se refere a um aspecto da preparação da parede sobre a qual será pintada).

Na maioria das obras com esta técnica o artista emprega uma reduzida gama de cores, pois se deve levar em conta que certas tonalidades não podem ser combinadas com a cal.

Para aplicar corretamente as cores na parede umedecida é necessário que o artista trabalhe com rapidez, segurança e grande domínio técnico. Por ouro lado, os pintores devem levar em conta que a intensidade da cor diminui quando seca a cal.

Antes de pintar sobre a cal, os pintores costumam criar um desenho em um papelão ou uma madeira de tamanho natural que, posteriormente, será colocada sobre a parede para calcar o desenho.

Os afrescos da Capela Sistina

A pintura afresco tem origem na cultura minoica da Grécia antiga. Esta técnica foi recuperada durante o Renascimento, mais especialmente na Itália.

Os afrescos da cúpula da Capela Sistina pintados por Michelangelo Buonarroti são provavelmente os mais reconhecidos na história da arte universal. O artista italiano iniciou este trabalho solitário, em 1508, a pedido do Papa Júlio II e finalizou sua obra quatro anos depois.

Os afrescos têm dimensões espetaculares (36 metros de comprimento e 13 metros de largura, o que equivale a uma área de mais 500 metros quadrados). Todas as suas criações na Capela Sistina estão relacionadas aos relatos bíblicos coletados no livro de Gênesis.

Imagem: Fotolia. cenz07

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: