Psicologia da Arte - Conceito, o que é, Significado

A arte e a psicologia são disciplinas que podem ter pontos em comum. Na verdade, algumas correntes da psicologia encontraram na arte um objetivo de pesquisa de interesse notável. Neste sentido, alguns estudos da psicologia pesquisaram o trabalho dos artistas em sua dimensão de criadores com o fim de analisar a mente do artista.

A psicologia da interpretação artística

O criador de uma obra de arte é alguém especialmente chamativo para a psicologia. Assim, um ator, uma bailarina ou um músico interpretam aquilo que outros artistas já criaram de maneira antecipada. Os psicólogos que se dedicam a esta disciplina tentam compreender os mecanismos mentais que colocam em funcionamento os intérpretes de uma obra de arte para executá-la de maneira exitosa.

Na psicologia da arte, estudam-se os impulsos criativos dos artistas e, ao mesmo tempo, analisam-se as teorias psicológicas que mais de adaptam a esses impulsos.

São vários os objetivos desta disciplina:

1) Ajudar o controle das emoções dos artistas, por exemplo, diante de um medo de palco;

2) Estimular sua motivação para superar o estresse;

3) Reduzir os níveis de ansiedade antes das atuações;

4) Ajudar no desenvolvimento profissional;

5) Ensinar técnicas de relaxamento mental para enfrentar momentos relacionados à interpretação.

O ensaio imaginado

Esta técnica é relativamente nova e se baseia na interpretação, por exemplo, de um ator de teatro, que realiza um ensaio mentalmente e não de maneira real. Esta prática tem a vantagem de reservar a energia para a representação diante do público.

A relação entre a psicologia e a arte

Embora a psicologia da arte esteja focada nos intérpretes, deve-se ressaltar que a psicologia e a arte mantêm vínculos estreitos ao longo da história. Vale recordar que no teatro grego o espectador sentia emoções purificadoras e terapêuticas através da catarse, por outro lado, a psicoanalise foi uma fonte de inspiração para os artistas surrealistas do início do século XX.

As técnicas da psicologia são aplicadas no esporte, nas empresas e na medicina

Os psicólogos estudam os processos mentais relacionados à conduta humana. Assim, a psicologia é projetada para melhorar o rendimento dos atletas, as relações humanas no contexto empresarial ou para ajudar os profissionais da medicina a tratar os pacientes.

Imagem: Fotolia. Sabphoto

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: