Sismógrafo - Conceito, o que é, Significado

SismografoTodos conhecem o movimento da Terra. Ela se manifesta de duas maneiras: girando sobre si mesma (em rotação de 24h) ou girando ao redor do Sol (translação realizada em 365 dias). Estes seriam os movimentos externos de nosso planeta. Entretanto, há também um movimento no interior da crosta terrestre. Para conhecer esses movimentos é necessário utilizar um sistema de medição: o sismógrafo.

O sismógrafo funciona como um sensor que permite sentir os movimentos da Terra

Este sensor é denominado sismômetro, do qual está conectado a um sistema de registro. Como aparelho, o sismógrafo recolhe as diversas oscilações ou tremores (sismos) que provocam um movimento de tipo vertical ou horizontal. Se os tremores geram movimentos de certa intensidade, acontecem os terremotos, dos quais são medidos através de uma escala de medição conhecida como escala Richter.

Os tremores podem ser suaves ou mais intensos e o sismógrafo os registram em função de suas oscilações

Não se trata de um aparelho complexo, pois é possível fabricá-lo em uma versão caseira. A sensibilidade desses artefatos permite que um punção anote sobre um papel enrolado as variações das oscilações. Quando não há movimento, a linha descritiva é uma reta, embora com o decorrer das vibrações as linhas descrevem traços de maneira irregular de cima para baixo.

São utilizados três tipos de sismógrafos. Os mecânicos são aqueles que funcionam segundo os princípios do movimento pendular e são usados nas áreas com poucos recursos técnicos. Os eletromagnéticos contêm um imã, que ao realizar um movimento nas camadas do solo, causa uma corrente elétrica proporcional às alterações do movimento. Também existem os sismógrafos de banda larga, projetados com potentes sensores para detectar a velocidade do movimento no interior da crosta terrestre.

Os especialistas em terremotos, os sismologistas, ainda não dispõem de uma tecnologia que permite prever com absoluta certeza o aparecimento de terremotos, embora seja possível fazer uma estimativa das probabilidades de surgimento desse fenômeno da natureza.

A eficácia dos sismógrafos é, portanto, útil para medir e avaliar os tremores, mas não para percebê-los com antecedência. Em relação aos movimentos pré-sísmicos, há um estudo cientifico que acredita na capacidade de alguns animais de anteciparem os terremotos. Isto se deve a sensibilidade que possuem para detectar sinais eletromagnéticos de maior frequência.

Imagens: iStock. roccomontoya / Alexander Fortelny

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: