Conceito » Economia » Vida Útil

Vida Útil - Conceito, o que é, Significado

Em uma sociedade de consumo como a que vivemos, todas ou a grande maioria dos bens e produtos têm uma vida útil limitada.

O que significa exatamente a vida útil? Que há uma estimativa de quanto tempo pode ser usado sem perder suas características essenciais. Esta estimativa muitas vezes é proporcionada às empresas fabricantes para fornecer informação ao consumidor. Deve-se destacar que este dado passa a ser determinante para a compra de um produto.

Principais parâmetros da vida útil

Para estabelecer a vida útil de um objeto há uma série de fatores a considerar: a qualidade da matéria-prima empregada, o processo de produção, a exposição às condições naturais, o uso humano e o desgaste intrínseco do próprio bem. Vamos pensar numa simples caneta, sua vida útil depende do desgaste da tinta e não do material utilizado em sua fabricação.

A vida útil na economia

Este conceito é comumente usado na terminologia econômica. Deve-se ressaltar que a informação sobre a vida útil de um produto é determinante para a contabilidade de uma empresa. Por outro lado, saber quanto tempo vai servir um produto pode ajudar a programar sua amortização, contabilizar os possíveis reparos ou estabelecer uma estratégia de marketing. Naturalmente, a vida de um produto está diretamente relacionada ao processo de produção de uma empresa, com as variações de preço do produto e, finalmente, com a rentabilidade das empresas.

A obsolescência programada

Entende-se por obsolescência programada a estratégia das próprias empresas para que a vida útil de um produto seja a mais adequada possível para seus interesses econômicos. Isto apresenta um conflito de interesses entre produtores e consumidores, pois o fabricante não faz o melhor produto possível, uma vez que este produto foi programado para deixar de servir em determinado momento (por exemplo, uma fotocopiadora pode ser programada para tirar 20.000 exemplares e a partir deste número o aparelho para de funcionar e sua vida útil é encerrada).

O fenômeno da obsolescência programada tem uma lógica evidente do ponto de vista empresarial, pois se um produto tem uma vida útil ilimitada, a empresa que o fabrica perde dinheiro e acaba fechando. No entanto, é claro que este tipo de prática tem uma intenção enganosa para o consumidor.

Em relação a este fenômeno, países como França e outros promoveram leis que perseguem os abusos associados a esta forma de fabricação.

Imagem: Fotolia. QMT studio

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: