Conceito » Economia » NAFTA

NAFTA - Conceito, o que é, Significado

As siglas NAFTA significam North American Free Trade, que em português pode ser traduzida como Tratado de Livre Comércio da América do Norte (por este motivo, NAFTA em inglês equivale ao TLCAN em português). Este órgão está relacionado a um acordo internacional entre três nações do continente americano: Canadá, Estados Unidos e México.

Os acordos comerciais entre os três membros entraram em vigor em 1994 e o sistema organizacional é composto por três seções, uma para cada país.

Principais objetivos e consequências

Em primeiro lugar, pretende-se facilitar o comércio e a circulação de mercadorias entre os três países, assim como reduzir os custos comerciais das empresas. Ao mesmo tempo, são promovidos mecanismos de livre concorrência e oportunidades de investimento. Paralelamente, o tratado tem como objetivo competir melhor com outras regiões do planeta, especialmente a União Europeia.

Quanto às consequências do NAFTA, as principais são as seguintes: criação do novo peso mexicano, desaparecimento do controle governamental sobre alguns setores da economia, novos investimentos no território mexicano acompanhados de aumento no trabalho temporário, tensões entre os governos dos Estados Unidos e do México, etc.

Desde o início do mandato de Donald Trump, o governo dos Estados Unidos propôs renegociar o tratado, pois considera que o intercâmbio comercial não beneficia os interesses norte-americanos

Em resumo, a aplicação do acordo tem gerado oportunidades, mas também desequilíbrios e duras críticas.

Os tratados de livre comércio

Atualmente, existem diversos tratados internacionais relacionados ao livre comércio, dos quais são conhecidos como TLC. Todos eles têm um denominador comum: que os países envolvidos não tenham tarifas aduaneiras em suas relações comerciais e que haja uma maior atividade comercial.

Neste sentido, se duas nações mantêm suas tarifas alfandegárias, cada uma deve pagar uma taxa pelos produtos que exportam

Por este motivo, ambas as nações podem achar interessante que estas tarifas desapareçam progressivamente e desta forma assinem um TLC.

As vantagens dos TLC são basicamente duas: aumento dos intercâmbios comerciais e incentivo à competitividade empresarial. Apesar disso, os grupos antiglobalização se opõem aos TLC porque consideram que estes acordos beneficiam as grandes multinacionais, mas não ao conjunto da população.

Imagem: Fotolia. chocolatefather

Próximo - Conceitos >>

Leitores continuaram: