Conceito » Política » Nação

Nação - Conceito, o que é, Significado

Nação é uma comunidade humana com certas características culturais compartilhadas muitas vezes de um mesmo território ou estado. Esta palavra provém do latim e significa nascer. Uma nação é uma também uma concepção política, entendida como o sujeito que reside à soberania de um estado.

Na história, o conceito nação foi criado no século XVIII quando teve início a Era Contemporânea e começou a elaborar as primeiras formulações sobre o que é uma nação e como ela ocorre em movimentos políticos.

Estes estudos estão relacionados ao período do Ilusionismo, mais precisamente, a Revolução Francesa e a Revolução Americana

Muitas vezes é difícil definir as características que constituem uma nação como tal, mas se parte do princípio que os membros devem compartilhar da mesma consciência constituída como corpo político diferenciado de outros a partir de suas coincidências culturais. Em geral, estas coincidências podem ser étnicas, linguísticas, religiosas, tradicionais ou históricas. Em certas ocasiões pertencem ao mesmo território.

A este conjunto de coincidências e consciência comum relacionada a uma unidade política é geralmente chamado de identidade nacional

Esta identidade nacional é essencial para alcançar a coesão entre estes povos, uma vez que é tão distintiva e representativa como os próprios símbolos nacionais. Vale destacar que os fenômenos imigratórios da atualidade motivaram tanto a integração de indivíduos de uma nação dentro de outros povos como a tendência de acúmulo em bairros ou outras áreas específicas de uma cidade ou região, como se fosse uma defesa da identidade cultural própria dessa nação.

Portanto, o conceito nação é complexo e muitas vezes os critérios se diferem entre si. Por exemplo, as diferenças entre as pronúncias e os dialetos podem ser entre duas pessoas como pertencentes a diferentes nações. Da mesma forma, é comum que duas pessoas que vivem em locais geográficos diferentes possam ser consideradas membros de uma mesma nação.

Geralmente se confunde o termo "nação" com "Estado" ou até mesmo com a ideia de um grupo étnico, cultural ou linguístico, mesmo quando há um suporte ético-político

Esta diferença é percebida ao entender que algumas nações, como a cigana, não contam com seu próprio estado (organização com instituições definidas e fronteiras próprias). Em compensação, os estados plurinacionais reconhecem a Bolívia na América, a Índia na Ásia e a África do Sul no continente africano.

Existem diferentes tipos de nação, por exemplo, a liberal, a romântica, a socialista, a fascista e a nacional-socialista

A maior parte das nações atuais da América e da Europa é regida pelos moldes liberais, inseridas no sistema republicano com diferentes aspectos próprios de cada povo. As nações socialistas que persistem no século XXI incluem a China, Cuba e o Vietnã, entre outras. Os modelos fascista e nacional-socialista foram extintos na Segunda Guerra Mundial. Em certos casos específicos, é válido destacar que a identidade nacional de alguns povos motivou a existência de nações bem específicas e de difícil definição.

Assim, a nação tuaregue continua com seus costumes e idioma no noroeste africano, localizada em diferentes estados dessa região. Uma consideração parecida pode ser observada na nação aimará, na área do Altiplano, assim como da nação esquimó, nas regiões do Ártico. Nestes casos, adverte-se perfeitamente a presença de características culturais compartilhadas que permitem aos indivíduos destes povos pessoas um reconhecimento entre si como compatriotas, embora que não exista atualmente estados nacionais de identificação como tuaregue, aimará ou esquimó.

Imagem: Fotolia. hobbitfoot

Relacionados:

  1. Plurinacionalismo
  2. Estado
  3. Ingerência
  4. Monarquia
  5. Política de Estado
  6. Lei Ordinária
  7. Estado Multiétnico
  8. Partido Político
  9. Cidadania
  10. Carta Magna